Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TV CULTURA

'Manteria o palavrão', provoca Mainardi após confusão no Manhattan Connection

REPRODUÇÃO/CULTURA

Diogo Mainardi e Antônio Carlos Kakay em tela dividida no Manhattan Connection

Diogo Mainardi usou palavrão para xingar Kakay, convidado do Manhattan Connection

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 30/4/2021 - 9h04

Diogo Mainardi, do Manhattan Connection, da TV Cultura, deu uma resposta provocativa sobre a polêmica por ter supostamente xingado o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, convidado do programa de quarta-feira (28). "Teria evitado a referência a Olavo de Carvalho e mantido apenas o palavrão", afirmou nesta sexta (30).

O jornalista fez referência a uma entrevista dada por seu colega, Lucas Mendes, à Folha de S.Paulo. Segundo o apresentador, o trecho em que Mainardi diz "vai tomar no cu" foi tirado de contexto pela edição da TV Cultura e teria ligação com algo dito por Fábio Porchat, o outro convidado da noite, no primeiro bloco.

Ao longo da atração, Diogo e Kakay trocaram farpas. Mainardi chegou a afirmar que o advogado "construiu sua carreira sussurrando na orelha de ministros do STF [Superior Tribunal Federal], do STJ [Superior Tribunal de Justiça]" e menosprezou seus comentários no programa: "Prefiro falar com você sobre outros assuntos. Me vem ânsia de vômito ao ouvir esse seu discurso". 

Em sua despedida, o convidado citou indiretamente o jornalista: "[O Manhattan Connection é] um programa quase perfeito. Ele tem três pessoas extremamente preparadas, que vivem no mundo, e você tem um mal-humorado para poder falar, gritar, xingar, isso tudo é alegria, faz parte. Humorista que tem mau humor é tradicional. Agora que tem mau humor e não tem inteligência, aí vocês são muito corajosos. Muito obrigado pelo convite!".

Na sequência, Mainardi respondeu: "Como diria Olavo de Carvalho, vai tomar no cu [a frase foi censurada, mas possível de se detectar por leitura labial]". No estúdio, Pedro Andrade levou a mão à cabeça, enquanto Lucas Mendes encerrou: "Boa noite. Boa noite sem o Olavo de Carvalho [Risos]".

Mendes afirmou que, geralmente, o programa já chega editado à emissora. Como desta vez houve um excesso de oito minutos em duração, o próprio canal realizou a edição. "A Cultura cortou, e o [xingamento] de Diogo ficou gratuito. Esse problema de corte pode ter consequências que você não imagina. Se cortou o 'cu' do Porchat, corta o 'cu' do Diogo [risos]. O bode seria menor", explicou.

O apresentador ainda exaltou os canais GNT e GloboNews, do Grupo Globo, onde a atração surgiu e foi exibida anteriormente:

Conseguimos viver 28 anos na Globo com raríssimos cortes e pouquíssimos pedidos de desculpa. Mesmo sendo uma empresa muito mais cheia de 'tremeleques', a gente não teve tantos problemas quanto em três meses de Cultura.

"É claro que não houve a intenção de insultar a audiência. Peço desculpas a quem se sentiu insultado. Não é bacana insultar o convidado, mas o Diogo tem essa característica. Agora, o que vou fazer? Vou pedir para o Diogo ficar de costas no cantinho do quarto dele?", concluiu Mendes.

Em sua coluna no site O Antagonista publicada nesta sexta (30), Mainardi fez uma provocação, ressaltando que não mudaria seu comportamento perante Kakay: "Se eu soubesse que o xingamento de Porchat seria cortado, provavelmente teria evitado a referência a Olavo de Carvalho e mantido apenas o palavrão".

O Notícias da TV entrou em contato com a assessoria da Cultura a respeito das declarações dadas por Lucas Mendes, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

Após o Manhattan Connection ir ao ar, Kakay se pronunciou à Folha: "Não serei eu, em nenhuma circunstância, que irei censurar a fala de um humorista como o Mainardi, que abusou do direito de ser indelicado e agressivo no programa. Ele merece meu mais profundo desprezo".

"Ele se mirou em um de seus ídolos, o tal Olavo de Carvalho, e me agrediu verbalmente. Durante todo o programa, ficava reclamando, mas sem conseguir se manifestar de maneira clara e com um raciocínio lógico", concluiu o advogado.

Em nota, a emissora se manifestou antes da entrevista de Lucas Mendes e da provocação de Mainardi: "A TV Cultura não concorda com o ocorrido e já tomou providências junto à empresa produtora do Manhattan Connection".

Assista à íntegra do programa que originou a polêmica entre Diogo Mainardi e Kakay:


Leia também

Web Stories

+
Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13Vereda Tropical no Globoplay: Veja por onde andam cinco atores sumidos da novelaGlobo Esporte, Zero 1 e BBB: Confira trajetória de Tiago Leifert na Globo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?