Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PLANO B

Globo muda grade às pressas após suspensão de Palmeiras x Flamengo

DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

Foto de parte do elenco do Flamengo no avião em viagem de volta do Equador

Elenco do Flamengo em viagem de volta do Equador; clube teve vários infectados pela Covid-19

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 26/9/2020 - 17h16
Atualizado em 27/9/2020 - 14h19

[Após a publicação deste texto, uma nova mudança aconteceu. O TST (Tribunal Superior do Trabalho) aceitou o recurso da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e anulou a liminar que suspendia a realização do jogo. Assim, a Globo exibiu o duelo normalmente]

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) aceitou o pedido do Sindeclubes, sindicato que representa funcionários dos clubes do Estado, e suspendeu a partida entre Palmeiras e Flamengo, que estava agendada para domingo (27) pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com isso, a Globo teve que se virar para alterar a grade de programação às pressas.

Não há outra partida para as 16h, horário tradicional do futebol aos domingos, que a emissora possa colocar no ar na TV aberta. Por isso, a Globo escalou de última hora o Campeões de Bilheteria, que exibirá o filme Transformers: O Último Cavaleiro (2017) no horário que era dedicado ao jogo.

A Justiça do Trabalho adiou o duelo por entender que a realização da partida colocaria em risco a saúde dos profissionais envolvidos. Há mais de 30 casos confirmados de coronavírus entre jogadores, membros da comissão técnica e funcionários do departamento de futebol do Flamengo.

São 16 atletas infectados. O surto se deu após a passagem pelo Equador, onde o time jogou duas vezes em compromissos da Copa Libertadores da América.

A Globo iria exibir Palmeiras x Flamengo para todo o Brasil. O jogo também seria transmitido pelo Premiere no pay-per-view da TV paga. As equipes esportivas das duas transmissões já estavam escaladas.

Esta não é a primeira vez que a emissora precisa alterar a grade de última hora por conta de surto da Covid-19 no futebol. Em agosto, ela precisou mudar a partida exibida na programação depois do adiamento da partida Goiás x São Paulo. Dez jogadores do time goiano tinham testado positivo para o novo coronavírus.

Vale ainda ressaltar que Sport 1 x 0 Corinthians foi antecipado para a última quarta-feira (23) a pedido da Globo. A líder de audiência fez a solicitação à CBF para não ficar sem jogo de times paulistas no horário nobre no meio de semana depois que perdeu os direitos de transmissão da Copa Libertadores da América, adquiridos pelo SBT na TV aberta.

Briga na Justiça

O Sindeclubes (Sindicato dos Empregados em Clubes, Federações e Confederações Esportivas e Atletas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro) ajuizou ação civil pública na sexta-feira (25) para tentar adiar o jogo a pedido de empregados do Rubro-Negro, que estavam preocupados com sua saúde.

No despacho, ao qual o Notícias da TV teve acesso, o juiz Filipe Olmo avaliou que o sindicato, com o pedido de liminar, queria "a manutenção da saúde e integridade física dos empregados, jogadores e do restante do elenco".

"Em razão dos eventuais resultados falso negativos e da possibilidade de haver infectados dentro do período de incubação, não há garantia de que os empregados saudáveis não terão contato com outros empregados que possam estar infectados", diz trecho da decisão.

"Manter a partida implicaria risco demasiado para a saúde de jogadores das duas equipes, comissão técnica e demais empregados. Além disso, há risco de contaminação dos familiares, quando do retorno para casa", emenda Olmo.

A decisão da Justiça do Trabalho anula o que havia sido decidido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que na sexta-feira (25) tinha negado o pedido do Flamengo para suspender o jogo.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?