Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

A FAVORITA VENCEU

Globo desiste de reprisar Vale Tudo por imagem ruim e Regina Duarte

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Regina Duarte com uma camisa rosa e interpretando Raquel em Vale Tudo

Regina Duarte em Vale Tudo (1988): Globo descartou reprise no Vale a Pena Ver de Novo

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 3/5/2022 - 6h40

A Globo cogitou reprisar Vale Tudo (1988) para ocupar o lugar de O Clone (2001) no Vale a Pena Ver de Novo. No entanto, optou por descartar o clássico de Gilberto Braga (1945-2021), Aguinaldo Silva e Leonor Bassères (1926-2004) por conta da qualidade ruim de sua ruim e pelo fato de ser protagonizada por Regina Duarte, que teve uma saída traumática da emissora em 2020 para atuar no governo Jair Bolsonaro.

Vale Tudo e A Favorita (2008) eram as únicas opções pensadas para substituir o folhetim de Gloria Perez, que está na reta final. No fim das contas, o folhetim que marcou a estreia de João Emanuel Carneiro no horário das nove foi considerado a mais adequado. A escolha pela história de Flora (Patricia Pillar) e Donatela (Claudia Raia) foi bastante celebrada nas redes sociais.

Segundo apurou o Notícias da TV, a Globo solicitou um estudo de viabilidade para sua curadoria de conteúdo com a trama que discutia a realidade do país no fim dos anos 1980. A análise durou cerca de um mês, e o relatório foi entregue no mês passado. Por isso, a Globo demorou tanto para anunciar oficialmente quem ocuparia o horário do Vale a Pena Ver de Novo.

No parecer, foi notado que a qualidade de arquivo de Vale Tudo não era compatível com os padrões mínimos de exibição para a TV aberta. Considerou-se que a produção era "muito escura" e que sua imagem poderia afastar telespectadores mais exigentes. A Globo perderia o seu tão celebrado padrão em nome de uma novela muito popular --mas que poderia não dar o retorno esperado.

Outro ponto analisado foi o espaço de Regina Duarte. Intérprete da mocinha Raquel, Regina tem sido "esquecida" pela Globo desde que deixou um contrato fixo com a emissora para atuar como secretária especial da Cultura do governo Jair Bolsonaro, em março de 2020.

Desde então, evita-se falar dela em programas de TV aberta e até mesmo mostrá-la em imagens de arquivo. Em 2020, quando disponibilizou Vale Tudo no Globoplay, a Globo escondeu Regina Duarte na campanha publicitária para o lançamento. 

A atriz não foi o principal motivo do cancelamento, mas foi um dos fatores. Vale Tudo também foi descartada para uma futura reprise em qualquer ocasião. A trama foi pensada pela direção da Globo por causa do seu sucesso no canal Viva, que reexibe tramas antigas da Globo na TV por assinatura. Nas duas reprises no canal pago, em 2010 e 2018, a novela marcou altos índices.

O Notícias da TV já havia antecipado que A Favorita era a mais cotada para suceder a saga de Jade (Giovanna Antonelli) na faixa de reprises. A Globo vai usar a novela de Carneiro como uma espécie de "esquenta" para a estreia de Olho por Olho, trama do autor que será lançada no streaming.

A Favorita nunca foi reprisada na Globo ou no canal Viva, apesar dos vários pedidos de telespectadores. A novela entrou para o catálogo do Globoplay em 2020 como parte do projeto de adicionar tramas mais antigas na plataforma, e virou um sucesso no streaming. 


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.