Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ENTREVISTA EM CASA

Geraldo volta à Record e relata sequelas da Covid-19: 'Eu poderia não estar aqui'

REPRODUÇÃO/RECORD

Geraldo Luís em entrevista ao programa A Noite É Nossa, da Record

Geraldo Luís em entrevista ao programa A Noite É Nossa: ele se recupera de sequelas da Covid-19

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 4/5/2021 - 13h52

Afastado da TV desde fevereiro, quando testou positivo para a Covid-19, Geraldo Luís volta à Record nesta quarta-feira (5). Em entrevista ao programa A Noite É Nossa, que ele comandava até ser diagnosticado com a doença, o apresentador de 49 anos vai contar como foi ficar 22 dias internado e o que tem feito para se recuperar das sequelas deixadas pelo coronavírus.

"Tive arritmia, perdi 70% de movimento da perna. Também perdi o movimento do meu pé, mas agora está voltando. Estou fazendo fisioterapia todo dia, tomando remédios. Mas isso não é nada. Sabe por quê? Porque eu poderia não estar aqui", contou ele na conversa com a repórter Thatiana Brasil.

A entrevista foi gravada na casa de Geraldo em Barueri, na Grande São Paulo. O apresentador teve alta em 20 de março, mas ainda não foi liberado para voltar ao trabalho nos estúdios.

"Eu sobrevivi. Sou um milagre e quero dizer isso para todo mundo, que a vida vale a pena. É um momento de recomeço de tudo. Ser o mesmo Geraldo que eu entrei na UTI? Não!", prometeu o jornalista.

O apresentador ficou durante 11 dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. "No sexto dia, já estava com 85% do pulmão tomado. Aí, perdi 12 quilos", explicou ele, que contou a ajuda do filho, João Pedro Sacramento, de 21 anos, enquanto esteve no centro médico.

"A presença silenciosa do João Pedro era um pedaço de Deus. Quando saí da UTI para o quarto, todos os dias foi o meu filho que me deu banho. Meu filho virou enfermeiro, meu filho foi de uma ternura", relembrou.

Durante a entrevista, Geraldo Luís também citou o nome de alguns artistas que o ajudaram nesse período, como Xuxa Meneghel. "Ela me ligou quando eu estava internado, preocupada. Quando ela gosta, ela gosta. É um amor. A Sabrina [Sato] falou comigo. Cesar Filho me trouxe até oxigênio em casa. Tom Cavalcante, a Tici [Pinheiro]...", comentou.

Esse será o último programa da temporada do A Noite É Nossa, que entrou no ar em janeiro. Geraldo comandou apenas o primeiro mês da atração, que depois foi assumida por Luiz Bacci. Com o titular ainda afastado, o jornalista que comanda o Cidade Alerta também estará à frente da edição desta quarta-feira (5) --a partir da semana que vem, a faixa será ocupada pelo Power Couple.

"O Bacci é um irmão. Quero agradecer tua hombridade, tua generosidade. Se um dia eu puder devolver o que você fez, pela tua honestidade, pela tua delicadeza comigo, pelo teu gesto... Tomara que um dia eu consiga. Tomara!", falou Geraldo para o substituto.

Veja a chamada da entrevista abaixo:


Leia também

Web Stories

+
De cuidadora de cachorros a musa sertaneja: Como está Juliette fora do BBB21Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelaçãoPower Couple Brasil 5 aposta em casais polêmicos e promete barraco e confusãoPereirão, Lurdes e Edilásia Sardinha: veja 7 mães marcantes das novelas brasileirasCaso Evandro e A Mulher na Janela chegam aos streamings; saiba mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você está animado para a nova temporada do No Limite?