Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SUBSTITUTA

Fernanda Gentil tapa buraco na Globo após o fim do Se Joga; saiba mais

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Fernanda Gentil de camiseta vermelha sentada na sala de sua casa durante quadro do programa É de Casa

Fernanda Gentil durante o quadro Mundo Gentil, do É de Casa; apresentadora vai cobrir férias no Encontro

REDAÇÃO

Publicado em 25/6/2020 - 7h06
Atualizado em 25/6/2020 - 13h21

Fernanda Gentil assumirá uma nova função de tapa-buraco na Globo a partir de julho. A apresentadora será uma das substitutas de Fátima Bernardes no Encontro, durante as férias da titular, ao lado do jornalista André Curvello. Com o programa Se Joga fora da grade, Gentil já havia ganhado um quadro temporário no É de Casa desde o fim de maio.

De acordo com o colunista Flavio Ricco, do portal R7, Fernanda Gentil cobrirá metade das férias de Fátima no próximo mês. Patricia Poeta ocupará o lugar da titular no restante dos dias.

A Globo confirmou a novidade em um comunicado à imprensa na tarde desta quinta (25). "A apresentadora do É de Casa, Patrícia Poeta, que já conhece bem o funcionamento da atração, estará à frente do matinal de 6 a 11 de julho. Já Fernanda Gentil vai estrear no comando do Encontro ao longo da semana seguinte. Ambas seguirão ao vivo promovendo encontros entre famosos e anônimos para o debate de questões atuais e importantes, ligadas tanto ao factual quanto ao entretenimento. Além, é claro, de muita música", anunciou a emissora.

Na nota, Fernanda ressaltou que substituir Fátima é uma grande responsabilidade. "Em todas as oportunidades que tive, sempre tornei muito pública a minha admiração pela Fátima; como jornalista, jornalista esportiva, mulher, mãe, e todos os outros papéis que ela exerce diante dos nossos olhos em rede nacional. Sou uma eterna aprendiz quando a vejo em ação. Pisar no palco dela por cinco dias não é um sonho realizado --é um sonho que nunca foi nem sonhado. Só posso agradecer a ela e toda equipe do programa pela confiança", elogiou.

Ana Maria Braga seguirá com seu quadro de cozinha normalmente no Encontro até a volta da apresentadora titular do matinal, prevista para 20 de julho.

Criado para ser uma alternativa ao Vídeo Show, encerrado em janeiro do ano passado após 35 anos no ar, o Se Joga se revelou um fracasso de público e crítica. No Ibope, virou um saco de pancadas da Record, a ponto de a concorrente até fazer piada em campanhas publicitárias. Nas redes sociais, telespectadores pediam o fim da atração, desde sua estreia, em setembro de 2019, até a paralisação.

A Globo ainda não anunciou oficialmente o fim da atração, mas nos bastidores já é dado como certo. A equipe de produção, inclusive, já foi desmobilizada, e até o elenco principal já cavou espaço em outras atrações da emissora.

O que aconteceu com o elenco do Se Joga?

O primeiro a emplacar um novo projeto durante a quarentena foi Marcelo Adnet. Desde abril, o humorista comanda da sua própria residência o Sinta-se em Casa, disponibilizado no Globoplay.

Responsável pelo quadro de fofocas do Se Joga, a jornalista Tati Machado conseguiu descolar um "bico" com quadros no Encontro e no É de Casa. Antes, Tati dava as notícias das novelas e famosos na redação do portal de entretenimento Gshow. Agora, adaptou as participações e aparece da sala de casa.

Primeira pessoa do elenco que admitiu ter sido dispensado, Paulo Vieira foi o último a conseguir um espacinho na Globo durante a quarentena. O comediante estreou a série Como lidar? no Fantástico, na qual usa o humor para falar sobre os novos hábitos impostos pela pandemia do novo coronavírus. Está fazendo bem mais sucesso.

Mas nem todos encontraram uma outra ocupação sem o Se Joga. Pelo menos por enquanto, Fabiana Karla, Érico Brás, Dani Calabresa e Jefferson Schroeder estão sem função na TV durante a quarentena.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?

Muito bom, tem todo o conteúdo que os fãs da Disney amam.
19.70%
O catálogo é bom, mas há falhas e problemas no aplicativo.
8.47%
Não gostei, o conteúdo não me interessou.
17.50%
Não assinei, achei o preço muito alto.
54.33%