Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

'ESTAVA COM SAUDADE'

Após demitir Zeca Camargo, Globo anuncia Fernanda Gentil no É de Casa

PAULO BELOTE/GLOBO

Fernanda Gentil em ensaio para o Se Joga, na Globo

Fernanda Gentil em ensaio para o Se Joga, na Globo; apresentadora escalada para o É de Casa

REDAÇÃO

Publicado em 27/5/2020 - 22h43
Atualizado em 27/5/2020 - 22h56

Após demissão de Zeca Camargo, a Globo confirmou Fernanda Gentil no comando do É de Casa. A apresentadora assumirá o matinal neste sábado (30) com a função de falar sobre formas de ajudar ao próximo diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). "Estava com saudade. Ainda bem que a gente vai se encontrar", disse ela, em vídeo para anunciar sua estreia no programa.

Gentil foi anunciada como integrante do É de Casa em um vídeo divulgado pelo Gshow, site de entretenimento da emissora, na noite desta quarta-feira (27). "Recebi um convite muito legal e aceitei", avisou para o público da atração.

"A partir de sábado agora a gente vai se encontrar no É de Casa. Vou ter um tempinho para falar com vocês sobre ajuda, das mais diversas formas. Ajudar a distrair a criança nessa quarentena, como ajudar o idoso a falar com o neto e matar a saudade da filha", explicou.

De acordo com a apresentadora do Se Joga, que foi retirado do ar por causa da pandemia, sua função no matinal aos sábados será dar dicas para os telespectadores de como fazer o tempo da quarentena passar mais rápido. "Isso envolve jogo, dinâmica, interatividade e bate-papo entre a gente", adiantou.

"A ideia é tentar ser minimamente, claro, uma ponte entre quem pode ajudar e quem precisa dessa ajuda, ou seja, se você se identificou em algum momento porque é idoso, está longe do neto, é o próprio neto e está longe da avó, é criança, tem crianças, pode ajudar ou precisa ajudar ou porque está vivendo a pandemia mundial, vem comigo", finalizou.

Veja anúncio de Fernanda Gentil no É de Casa:

Zeca Camargo fora da Globo

Depois de 24 anos, Zeca Camargo foi dispensado da Globo nesta quarta-feira (27) pela emissora. Ele foi mais uma das vítimas dos cortes da líder de audiência, que atravessa um momento de reestruturação operacional, com o projeto Uma Só Globo, e também faz demissões porque tem perdido receita com a pandemia do coronavírus. 

"Levo as melhores lembranças desta parceria de 24 anos. Nessa colaboração, celebro a chance preciosa que tive de trabalhar num lugar tão aberto às boas ideias, onde elas ganharam espaço e repercussão. Lá cresci e me desenvolvi com profissionais incríveis, e sou especialmente grato, na minha trajetória, ao Luiz Nascimento, por todo o período do Fantástico; e ao Boninho, parceiro forte em várias frentes desde o sucesso de No Limite", declarou o apresentador.

"E não deixa de ser um belo fechamento de ciclo eu me despedir agora, quando o É De Casa está sob o comando de Mariano Boni, com quem estabeleci um alinhamento forte desde meu primeiro dia na Globo, justamente na coordenação, em São Paulo, do Fant (nosso nome carinhoso) naquele ano de 1996. Por todo esse aprendizado, só tenho gratidão, que levo comigo para novos projetos", finalizou.

Segundo o comunicado da Globo, a decisão de não renovar o contrato foi tomada de comum acordo entre as duas partes. Mas Zeca estava sem prestígio na emissora desde sua fracassada passagem pelo Vídeo Show, entre 2013 e 2015.

Em outubro de 2019, o Notícias da TV revelou que Camargo estaria insatisfeito com sua situação na Globo e teria conversado com a Record para apresentar o Domingo Espetacular. Ele também não gostou nada de ser chamado para trocar seu contrato de PJ (pessoa jurídica) para o regime CLT, que faria seu salário cair.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?