Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SIMPLES ASSIM

Experiência de quase morte fez Angélica mudar seu destino na TV; entenda

FOTOS: DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Angélica com um macacão azul, braços cruzados para trás em um cenário de TV

Angélica no cenário do Simples Assim, programa que marca sua volta à Globo após dois anos na geladeira

O acidente aéreo que quase tirou sua vida e a de sua família, em 2015, foi o gatilho para Angélica refletir sobre os rumos de sua carreira. Após enfrentar uma síndrome de pânico, ela iniciou uma jornada em busca do autoconhecimento e passou a questionar o motivo de ganhar uma segunda chance na Terra. A partir deste episódio, que por pouco não resultou em tragédia, nasceu o Simples Assim, seu novo programa na Globo.

"Logo depois do acidente comecei a ter crises de pânico e comecei a tentar entender qual é o meu papel no mundo. Essa segunda chance que todos nós tivemos, o que é isso? Comecei a me espiritualizar um pouco mais e ali veio a superação. A superação acontece agora, com esse programa, a superação de um momento que eu vivi bem complicado e trágico em 2015", disse.

"Isso fortalece. Quando a gente sabe usar esse tipo de coisa que acontece e te deixa totalmente vulnerável e entregue, isso vira superação. Isso te fortalece e a coisa acontece de forma positiva. Aconteceram algumas superações de forma positiva. E quando a situação atinge família e filhos, você tira forças de todos os lugares", completou.

A jornada do autoconhecimento fez Angélica refletir e se aprofundar em si mesma. Percebeu que mesmo com uma vida privilegiada, a felicidade não era uma constante em sua vida. Mesmo com uma família estruturada, emprego na maior emissora do país e um salário que poderia sustentar milhares de pessoas, o acidente lhe provocou um choque de realidade, e ela se deu conta de que estava direcionando sua energia para algo que não a completava.

"Acho que esses dois anos [sem programa] foram não só necessários, como muito especiais para mim. Precisava disso. Quando tive a oportunidade de estar em casa comigo mesma, refletir, ler, ter meu tempo, estar mais próxima da minha família, foi um presente. Foi nesse meu tempo que fui enxergando as questões que temos aqui no Simples Assim. Acho que as questões básicas da vida é que são tão importantes e tão fundamentais", explicou.

"Ter tempo para a familia, para o agora. A gente já vinha precisando desse olhar mais pra dentro e mais para o lado. Esse tempo que fiquei fora do ar, e que fiquei em casa e reflexiva, foi fundamental para o Simples Assim ser o que ele é hoje. Ele é muito reflexo desse meu tempo. Sou muito grata a esse tempo que tive. Foi necessário e mágico pra mim."

Angélica no cenário do programa Simples Assim

De volta

Simples Assim marca o retorno de Angélica ao entretenimento da Globo dois anos e meio após o fim do Estrelas (2006-2018). O programa demorou para ser aprovado pela emissora por ter uma proposta diferente da dinâmica da TV aberta: não tem plateia, nem sorteios, games, entrevistas com famosos ou performances musicais de artistas populares. O foco é dar luz aos anônimos e a questões mais densas.

"A ideia é contar as histórias da vida real, ter essa sinceridade e verdade. O Estrelas foi um programa de uma época em que não tinha muito essa coisa da internet. A gente ia na casa da pessoa, mostrava cozinhando, depois levava para um outro lugar. Isso tudo hoje não cabe mais na TV porque as pessoas mostram tudo isso na web", avaliou.

O Simples Assim nasce em formato de temporada. Serão 12 episódios, cada um pautado por um tema diferente. No palco, Angélica receberá somente anônimos, que irão contar suas histórias de superação e também compartilhar alguns de seus dramas pessoais.

Um dos carros-chefe da atração é o quadro Dilemas da Vida Real, no qual Angélica mediará conversas entre pessoas que enfrentam dramas aparentemente simples, mas que revelam graus de complexidade à medida em que a apresentadora se aprofunda nos históricos de seus convidados.

Em um dos episódios, que o Notícias da TV viu antecipadamente, um casal decide, após quase 20 anos de relacionamento, viver sob o mesmo teto. O problema é que o marido quer seguir em São Paulo, onde tem suas empresas, e a mulher faz questão de permanecer em Franca (SP). Como os filhos já atingiram a maioridade, ambos querem se unir definitivamente, mas não chegam a um acordo.

A apresentadora media todo o debate, que é recheado de provas de amor e tentativas de convencimento que nem de longe lembram o telebarraco Casos de Família, do SBT.

"Tenho aprendido muito com esse programa e ao longo desses anos. E também tenho buscado o caminho da felicidade. Cada vez mais, com as ferramentas que encontrei, como meditação, ioga, leitura, venho percebendo que a felicidade é viver cada momento. É não ter a ansiedade pelo futuro ou o saudosismo do passado. É viver o agora. Parece frase pronta, mas cada vez mais eu descubro que é isso. Vamos aproveitar esse momento ao máximo, intenso, porque é isso que vai trazer a felicidade", afirmou.

O Simples Assim estreia neste sábado (10), às 15h10, logo após o Toma Lá, Dá Cá, na Globo.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?