50 anos do JN

De âncora gay a telão no shopping: Sete marcos do rodízio do Jornal Nacional

Reprodução/Instagram

O apresentador Matheus Ribeiro, de Goiás, nos estúdios do Jornal Nacional

O apresentador Matheus Ribeiro, de Goiás, foi o primeiro âncora assumidamente gay do Jornal Nacional

FERNANDA LOPES - Publicado em 30/11/2019, às 04h57

Neste sábado (30), chega ao fim o rodízio de âncoras do Brasil inteiro que apresentaram o Jornal Nacional como plantonistas, durante três meses, em comemoração aos 50 anos do jornalístico. O projeto movimentou os bastidores da Globo e provocou furor em alguns Estados. Ao longo de três meses, vários profissionais se destacaram e se promoveram.

Ganharam muita repercussão, por exemplo, os casos de Matheus Ribeiro, de Goiás, e de Aline Aguiar, de Minas Gerais. Ele foi o primeiro âncora assumidamente gay a apresentar o telejornal mais importante do país --e levou até seu namorado para conhecer o estúdio. Já Aline foi apenas a segunda mulher negra em cinco décadas a apresentar o Jornal Nacional, depois de Maria Júlia Coutinho.

Aparecer em rede nacional também foi um marco para Ayres Rocha, do Acre. A participação dele foi tão comemorada em seu Estado que um shopping de Rio Branco instalou um telão para transmitir o Jornal Nacional de 7 de setembro.

Relembre sete fatos que marcaram o rodízio de jornalistas no Jornal Nacional:

reprodução/Instagram

Yuri Piazzarollo, namorado de Matheus Ribeiro, em foto na redação da Globo no Rio


Matheus Ribeiro, o primeiro âncora gay

Apresentador do Jornal Anhanguera 2ª Edição, da TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás, Ribeiro assumiu nas redes sociais o namoro com o policial militar Yuri Piazzarollo às vésperas de aparecer na bancada do Jornal Nacional, em 9 de outubro. A maioria dos seguidores dele reagiu bem à novidade, com elogios ao casal. Ribeiro até levou o namorado para conhecer a redação do Jornalismo da Globo no Rio de Janeiro, seu local de trabalho durante um dia.

reprodução/tv globo

Os jornalistas Ayres Rocha e Jessica Senra apresentaram o Jornal Nacional no dia 7/9


Ayres Rocha, a participação exibida em shopping

A estreia de Ayres Rocha, da TV Acre, foi tratada como final de Copa do Mundo no Estado. A emissora afiliada da Globo mandou instalar um telão gigante em um dos principais shopping centers da capital, Rio Branco, para transmitir o telejornal ao vivo em 7 de setembro. O evento foi um sucesso: o âncora foi muito aplaudido ao dar seu primeiro "Boa noite" em rede nacional.

reprodução/tv globo

Aline Aguiar foi a segunda mulher negra a apresentar o Jornal Nacional, em 23 de novembro


Aline Aguiar, a segunda negra no Jornal Nacional

Em 50 anos de exietência, o Jornal Nacional só foi ter apresentadoras negras em 2019. Depois de Maju Coutinho, Aline Aguiar assumiu a bancada em 23 de setembro. "Além da felicidade de representar o meu Estado, Minas Gerais, tem um significado ainda maior estar na bancada de um jornal de abrangência nacional na semana da Consciência Negra", disse a apresentadora, em nota enviada pela Globo.

divulgação/cnn

Taís Lopes, que apresentou o JN em 19 de outubro, foi para a CNN menos de um mês depois


Taís Lopes, que trocou Globo por CNN após jornal

Taís Lopes, que trabalhava na TV Verdes Mares, afiliada da Globo em Fortaleza, Ceará, apresentou o Jornal Nacional em 19 de outubro e ganhou muita notoriedade após essa oportunidade. Tanto que decidiu se demitir da Globo e assinar contrato com a CNN Brasil apenas duas semanas depois de aparecer no Jornal Nacional. Em 2020, Taís ficará no comando de telejornais matutinos do canal de notícias.

reprodução/instagram

Jessica Senra, da Bahia, entregou as joias que ela mesma produz para Renata Vasconcellos


Jessica Senra, a jornalista que também faz joias

Jessica Senra, apresentadora do Bahia Meio Dia, da TV Bahia, aproveitou sua escalação não somente para tietar Renata Vasconcellos e William Bonner, mas também para divulgar sua marca de joias. A baiana publicou em seu Instagram uma sequência de fotos em que aparece presenteando Renata Vasconcellos com uma joia que ela mesma confeccionou.

A Globo não permite que seus funcionários usem a visibilidade da emissora para "influenciar alguém ou obter vantagem pessoal, seja patrimonial ou de outra natureza", de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo.

Mas, em nota oficial, a emissora explicou que foi autorizada a fazer publicidade de sua joalheria porque ela faz joias por hobby e não comercializa os produtos, produz as peças apenas para ela e para seus amigos.

reprodução/tv globo

Philipe Lemos e Ana Lídia Daíbes em foto oficial no cenário do Jornal Nacional, no dia 21/9


Ana Lídia Daíbes e o reality show do JN

Ana Lídia Daíbes, apresentadora do Jornal de Rondônia 2ª Edição, ficou tão empolgada com a escalação para o rodízio em 21 de setembro que praticamente transformou seu perfil no Instagram em um reality show. Em duas semanas, a jornalista fez 30 posts se referindo ao seu grande dia no Jornal Nacional. 

Além de mostrar tudo sobre sua preparação para estrear, ela fez foto com todo mundo na Redação do Rio de Janeiro. Posou abraçada a Renata Vasconcellos, fez vídeo com Rodrigo Bocardi, tietou Tadeu Schmidt e teve alguns minutos de Poliana Abritta no cenário do Fantástico.

reprodução/tv globo

O âncora Lyderwan Santos caiu em pegadinha e foi homenageado na TV Sergipe em outubro


Lyderwan Santos, o âncora que caiu em pegadinha

Quem também virou estrela em seu Estado foi Lyderwan Santos, da TV Sergipe. Ele foi surpreendido por uma pegadinha de seus colegas em 22 de outubro, quatro dias antes de apresentar o Jornal Nacional. O jornalista anunciou a previsão do tempo no Bom Dia Sergipe, porém o noticiário exibiu uma reportagem com sua trajetória. Ele se emocionou com os depoimentos dos colegas e chorou ao encerrar o telejornal.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook