Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ESTAGIÁRIO

CNN tira sarro com foto de Evaristo Costa irreconhecível no início da carreira

DIVULGAÇÃO

Evaristo Costa em propaganda comercial; jornalista está prestes a estrear na CNN - DIVULGAÇÃO

Evaristo Costa em propaganda comercial; jornalista está prestes a estrear na CNN

LUIZA LEÃO

Publicado em 13/6/2019 - 9h23
Atualizado em 13/6/2019 - 14h16

A CNN tirou sarro de Evaristo Costa nesta quinta-feira (13) e compartilhou no Instagram oficial do canal uma foto dele irreconhecível no início de carreira. À epoca, o jornalista era bem magro, trabalhava como repórter de rua e assinava com o sobrenome Merigo. O ex-âncora do Jornal Hoje e William Waack são os primeiros nomes oficialmente confirmados pelo canal de notícias, que deverá iniciar suas operações até novembro.

Costa iniciou sua carreira na televisão como repórter da Universidade do Vale do Paraíba, em São Paulo. Na sequência, passou pela TV Vanguarda, afiliada da Globo na região. 

"Segura este registro do nosso Evaristo Merigo, ops, Evaristo Costa! Ainda estagiário, nosso âncora assinava com outro nome!", escreveu a emissora na postagem.

O Notícias da TV já havia antecipado em primeira-mão que Evaristo Costa estava negociando com o canal. Ele comandará um programa semanal, que mesclará jornalismo com entretenimento, e diretamente de Londres (Inglaterra), cidade em que vive desde que deixou a Globo.

Depois de relembrar o início de carreira do ex-comandante do Jornal Hoje, a CNN também postou uma foto de William Waack mais jovem. "Em 50 anos de carreira, o jornalista participou de inúmeras coberturas históricas e, nesta foto, aparece como enviado especial para cobrir a guerra do Kosovo, que terminou há exatos 20 anos, em junho de 1999", dizia a legenda.

A imagem dividiu a opinião do público, que, desde a postagem de Evaristo, afirmava não querer relembrar a trajetória de Waack. "Não precisa do TBT [throwback thursday, ou quinta-feira de volta ao passado] do Waack não", escreveu a seguidora Suelen Oliveira. Havia também quem apontasse a crítica como "mi mi mi". 

Veja aqui a foto do ex-âncora da Globo News:


Contratação

O namoro entre CNN Brasil e Evaristo Costa começou na metade de março, quando o vice-presidente de Conteúdo, Américo Martins, se desligava da rede britânica BBC, onde trabalhou um total de 16 anos, em mais de uma passagem. Àquela altura, Costa estava no radar da Record, que o queria para dar uma nova cara ao Domingo Espetacular, e de Silvio Santos, que chegou a encomendar o desenvolvimento de um programa semanal de entretenimento.

Costa vibrou com a proposta da CNN Brasil de fazer um programa sem sair de Londres, do jeito que ele gostaria. Um mês depois, veio ao Brasil para se encontrar com Douglas Tavolaro, CEO da CNN Brasil, ex-vice-presidente de Jornalismo da Record. Em um jantar na zona sul de São Paulo, mal conseguiu negociar. Cercado por fãs, teve de interromper a conversar para dar autógrafos e fazer selfies até com o cozinheiro.

Para comemorar a ocasião, pediu champanhe. Duas semanas depois, em maio, Tavolaro foi ao encontro de Evaristo Costa na CNN de Londres, com o pré-contrato embaixo do braço. O jornalista vestia um terno, algo que não fazia desde os tempos de Jornal Hoje.

Ele encomendou um terno grafite sob medida para assinar o contrato, conhecer o estúdio em que gravará o programa e encontrar a apresentadora Christiane Amanpour, estrela da CNN Internacional. Meio fora de forma, esqueceu de combinar as meias azul turquesa com o terno sóbrio. E já deu uma prévia de como deverá aparecer no ar a partir de novembro.

Veja a foto do jornalista compartilhada pelo perfil da CNN:

Leia também

Web Stories

+
Bastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãsOportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrentaJuliette, craques do futebol e estrelas do pop: Os 10 maiores influenciadores do mundo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou da escolha da reprise de Pega Pega?