DIEGO GUEBEL

Ex-vice-presidente da Band retorna ao Brasil e abre a própria produtora

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Diego Guebel em entrevista ao jornal argentino La Nación; executivo abriu filial de sua produtora no Brasil - REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Diego Guebel em entrevista ao jornal argentino La Nación; executivo abriu filial de sua produtora no Brasil

GABRIEL PERLINE - Publicado em 13/06/2019, às 05h06

Responsável pelos principais acertos da Band na área do Entretenimento nos últimos dez anos, o ex-vice-presidente da emissora Diego Guebel está de volta ao Brasil com a Boxfish, sua produtora de conteúdos que cria e licencia formatos de programas. A empresa do argentino já está em plena atividade em seu país de origem e na Espanha.

"Gosto de atuar no Brasil porque aqui a indústria do entretenimento é desafiadora e ao mesmo tempo muito receptiva a novas ideias", disse o produtor, que trouxe ao país diversos produtos bem-sucedidos, como os extintos CQC e A Liga, e o sobrevivente MasterChef, que ainda rende bons lucros à emissora da família Saad. 

Na Espanha, a Boxfish já assina a produção de dez programas, entre criações próprias e versões locais de franquias mundiais, como o reality de confeitaria Bake Off e El Jefe Infiltrado, uma adaptação do Undercover Boss [que virou o Chefe Secreto do Fantástico]. Na Argentina, desenvolveu o formato El Gran Premio de la Cocina, competição gastrônomica que também será produzida em Portugal. 

"Estamos atuando em três ou quatro mercados ao mesmo tempo, o que nos garante uma conexão permanente com o novo. É disso que o mercado precisa, sempre haverá demanda para os bons conteúdos", justificou o executivo.

Guebel deixou a Band no final de 2017, quando a emissora já enfrentava dificuldades financeiras e iniciou um enorme processo de reestruturação e corte de gastos --que perdura até hoje.

O início de sua relação com a Band começou em 2008, quando conseguiu emplacar o formato CQC por meio da Cuatro Cabezas, produtora que ele presidia na época. Os bons índices abriram as portas para o produtor, que conseguiu encaixar também as versões nacionais de A Liga e Mulheres Ricas.

Em 2011, ele assumiu a direção artística da Band. Foi sob sua gestão que a emissora trouxe o MasterChef, um de seus principais êxitos comerciais. Em junho de 2017 assumiu o cargo de vice-presidente. Seis meses depois, foi demitido.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que destino Fabiana deve ter em A Dona do Pedaço?
Morrer, essa aí é tão mau-caráter que não tem salvação
15.22%
Ir para a cadeia e pagar por todas as maldades que cometeu
42.85%
Virar boazinha e ajudar Maria da Paz a derrotar Josiane
13.41%
Voltar para o convento de onde nunca deveria ter saído
28.52%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook