Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NO TRITURANDO

Chris Flores detona Regina Duarte ao vivo: 'Finalmente conheci quem você é'

Reprodução/SBT

A apresentadora Chris Flores com expressão de surpresa no Triturando do SBT

Chris Flores fez um discurso contra a entrevista de Regina Duarte à CNN Brasil no Triturando, do SBT

REDAÇÃO

Publicado em 8/5/2020 - 16h33

A controversa entrevista que Regina Duarte concedeu à CNN Brasil na quinta-feira (7) virou assunto da estreia do Triturando no SBT. E Chris Flores, apresentadora da atração que substituiu o Fofocalizando, não poupou palavras na hora de detonar a secretária especial de Cultura do governo Bolsonaro. "Eu quero te agradecer por essa entrevista. Porque finalmente eu conheci quem é a Regina Duarte", sentenciou.

"Não é a Raquel, de Vale Tudo [1988], não é a Malu Mulher [1979-1980], não é a Helena, do Manoel Carlos [de História de Amor, em 1995, Por Amor, em 1997, e Páginas da Vida, em 2006], e nem a Viúva Porcina [de Roque Santeiro, 1985]. Essa é a Regina Duarte que eu não conhecia", continuou Chris.

Depois, a jornalista foi irônica ao se referir ao posto que Regina ocupa no governo. "Quando você aceitou ser... Não ministra, porque Cultura não merece nem um ministério, né? Ser secretária especial de Cultura... Eu fiquei me perguntando: largar uma carreira tão brilhante, de tantos anos, no teatro, na TV?", alfinetou.

"E aí você aceitou. Fiquei me perguntando o porquê. Mas depois dessa entrevista, eu entendi. Você foi coerente com quem você é, aceitar esse cargo, neste momento, neste governo. Vamos lá, vamos triturar!", finalizou a apresentadora ao colocar uma foto de Regina Duarte no Fofobyte, robô do programa que tritura os temas debatidos.

Veja a discussão do Triturando sobre Regina e o desabafo de Chris Flores:

Revolta de vários famosos

Chris não foi a única representante da classe artística a criticar a secretária especial de Cultura pela entrevista. Cantores e atores como Anitta, Alice Wegmann, José de Abreu e Bruno Gagliasso também repudiram as declarações de Regina.

A funkeira foi ao Instagram da ex-atriz para compartilhar sua indignação. "Assisti à sua entrevista na CNN e já vi em alguns lugares que não foi combinado uma entrevista ao vivo, mas, falando como artista que já passou por isso algumas vezes, acho que haveria mil outras formas de se pronunciar sem ser grosseira com os demais", criticou a funkeira.

"Enaltecer os tempos de ditadura me causa muito medo. Até porque eu e muitos dos meus amigos seríamos os primeiros censurados caso esse regime voltasse ao Brasil. Governar apenas para os que te causam afeição não é governar para o povo", completou a dona do hit Vai, Malandra.

Maitê Proença, principal motivo da revolta ao vivo de Regina Duarte, também se posicionou de maneira firme contra a ex-colega. "Enquanto acontece esse silêncio, os nossos gigantes estão morrendo. Aldir [Blanc], Flávio [Migliaccio], Moraes [Moreira], Rubem [Fonseca]... E o presidente não disse uma palavra, não se manifestou, e a nossa secretária de Cultura não disse uma palavra, nenhuma."

"Então, eu pedi pra ela, falei: 'Olha, Regina, eu fui a primeira pessoa a te defender e defender o seu direito de pensar, ter uma postura diferente da maioria da sua classe. De fazer uma opção diferente. Mas agora, eu estou aqui clamando para que você mostre os feitos e converse com a sua classe. Eu pedi, mas ela não quis escutar", concluiu a atriz de 62 anos em uma live com a diretora Adriana Dutra.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você espera ver na TV em 2021?