Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NOVO FOFOCALIZANDO

Lívia Andrade minimiza estreia do Triturando: 'Só pra confundir sua mente'

Reprodução/SBT

Lívia Andrade ergue xícara de café para brindar a estreia do Triturando, do SBT

Lívia Andrade ergue xícara de café para brindar a estreia do Triturando, o novo Fofocalizando

REDAÇÃO

Publicado em 8/5/2020 - 15h19

Lançado às pressas e sem aviso pelo SBT, o Triturando não fez muito esforço para afastar sua imagem do Fofocalizando, seu antecessor. No mesmo cenário, Lívia Andrade começou o programa minimizando a troca de nome. "Isso aqui é só pra confundir a sua mente, o programa continua!", declarou ela, erguendo uma xícara de café como brinde à atração.

Logo na estreia, Lívia também fez referências aos bastidores conturbados do programa ao comentar um dos casos abordados pelo novo Triturando. "Treta vai ter em todo lugar, tem na sua família, tem na nossa também, todo mundo sabe, ninguém é perfeito", resumiu a apresentadora.

A decisão de acabar com o programa de fofocas partiu de Silvio Santos, que passou a assistir ao Fofocalizando com mais atenção durante a quarentena. Fontes do alto escalão ouvidas pelo Notícias da TV afirmam que o patrão se divertia muito com o Fofobyte, um robozinho que ficava ao lado da apresentadora Chris Flores durante o Tritura ou Não Tritura. Em sua avaliação, era o quadro mais agradável da atração.

Como a função jornalística do vespertino é praticamente inexistente desde que Fábia Oliveira fez sua passagem relâmpago pelo Fofocalizando, os apresentadores se tornaram comentaristas de furos alheios e futricos de famosos nas redes sociais.

Isolado em sua casa, Silvio começou a exigir alterações diariamente no programa. E o triturador foi o que se sobressaiu. Na opinião do patrão, todos os apresentadores se sentem mais confortáveis em darem seus pitacos sobre músicas e famosos, e promovem momentos de descontração.

O dono do SBT exigiu que seus apresentadores sejam mais opinativos no Triturando. Diariamente, entrarão na roda de debate notícias de diversos assuntos, até mesmo políticas. E todos estão livres para comentarem o que quiserem, desde que não sejam desrespeitosos e não causem conflitos externos.

Além de transformar o quadro do triturador em um programa completo, o novo programa tem a missão de erguer a audiência da atração. Na quinta, a última edição do Fofocalizando foi humilhada pela Record: marcou 4,4 pontos na Grande São Paulo, contra 7,2 da emissora rival, que exibia reprises de novelas.

Na disputa apenas contra A Escrava Isaura, das 15h16 às 15h59, o resultado foi ainda mais desfavorável para a atração da emissora de Silvio Santos: 8,2 x 4,1. Detalhe: a trama da Record, que já foi ao ar em 2004, 2005, 2007 e 2017, está em sua quinta exibição.

As quatro edições derradeiras do Fofocalizando, exibidas entre a última segunda (4) e ontem (7), tiveram 4,4 pontos de média; a Record registrou 6,8 nesse período.

Confira o início do primeiro Triturando no SBT:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do início do BBB21?