TUDO PELA VAIDADE

Após micos no Pânico, Sabrina foge de gincana do Made in Japão; entenda

Fotos: Reprodução/Record

Sabrina Sato dá gargalhada com o microfone na mão em gravação do Made in Japão, da Record

Sabrina Sato se diverte na apresentação do Made in Japão, mas passa bem longe das gincanas

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 27/06/2020, às 07h47

Sabrina Sato fecha neste sábado (27) mais um capítulo da sua vida com a final do Made in Japão. O reality show a fez revisitar os tempos de BBB e Pânico, mas a apresentadora preferiu passar bem longe das gincanas malucas --algumas até bem leves perto do que ela já viveu na época que era da trupe de Emilio Surita. O motivo não é covardia, mas estética.

"Eu sempre gostei muito de game shows japoneses e cheguei a conhecer um de perto antes do Made in Japão. Eu venho de uma trajetória de desafios malucos, né? É claro que me vi participando de algumas provas ali. Mas, sem dúvida, não só para mim, mas para todas as mulheres da casa, as mais difíceis são aquelas que acabam com o nosso penteado, como as que derramam tinta na cabeça (risos)", diverte-se.

De fato, no episódio do sábado passado (20), a ex-atleta Maurren Maggi levou um banho de gosma azul após errar uma pergunta sobre o Japão, e reclamou abertamente sobre o castigo. Disse que a meleca ia estragar sua escova.

Agora, Sabrina deixa as substâncias pegajosas e as fantasias ridículas de lado e foca no seu desafio: pela primeira vez, ela vai carregar nas costas um programa ao vivo. Apesar de as provas já terem sido gravadas, o anúncio do campeão será feito na hora, com a japonesa e os três finalistas no palco, e os outros participantes aparecendo de suas casas, por videoconferência --como ocorreu no BBB20.

As experiências anteriores ao vivo da apresentadora eram de sua época no Pânico, mas suas responsabilidades lá eram muito menores. "São vários desafios: a primeira apresentação em um programa solo ao vivo; em um formato inédito no Brasil; é o primeiro reality show que apresento; e, agora, uma final, que é sempre muito emocionante. Dá aquele friozinho na barriga, mas, ao mesmo tempo, sei que ganho mais aprendizado", confidencia ela ao Notícias da TV.

Observada por Dani Hypólito (à esq.) e Luiza Ambiel, Maurren Maggi leva banho de gosma azul

Último programa tem seis participantes na disputa

E aprendizado, de fato, não faltou para Sabrina: o Made in Japão deveria ser apenas um dos quadros do Domingo Show. O dominical, porém, não foi bem de audiência, e o novo coronavírus interrompeu os trabalhos de palco. Como o game show já tinha sido todo gravado (exceto o anúncio do campeão), a Record teve de quebrar a cabeça para dar um jeito no material. Jogou o conteúdo inspirado nas competições japonesas para as noites de sábado, onde virou um programa próprio.

A apresentadora alega não se incomodar com os problemas. "Gostei muito dessa repaginada que foi dada ao Made in Japão, que passou a ser um programa inteiro e voltado para o reality de convivência. Dou muitas risadas. No programa da semana passada, por exemplo, a Luiza Ambiel e o Gui Santana foram sensacionais nas provas! E o jogo deu uma reviravolta no placar. Estou muito ansiosa para viver a final com eles e descobrir quem vai levar o prêmio de R$ 500 mil para casa", se anima.

Sabrina só lamenta que seus parceiros japoneses, Yoshi Amao e Mr. Fu, não poderão estar no palco com ela na final ao vivo --eles voltaram para o Japão por causa da pandemia.

"Estou com muita saudade deles. Eu me divertia muito, tanto no palco como nos bastidores. Foi muito bom conviver intensamente com eles no período em que estiveram no Brasil. Eles são muito educados, queridos, divertiam-se comigo no palco. E adoraram o Brasil! O Mr. Fu está sempre nas lives que faço, posta, reposta, comenta, e trocamos mensagens. Ele está sempre presente", ressalta.

A grande decisão do Made in Japão começa às 22h30 na Record. Antes de anunciar os três finalistas e o campeão, provas pré-gravadas vão eliminar seis participantes, em duas rodadas.

Estão na disputa os atletas Richarlyson, Daniele Hypólito e Maurren Maggi; a mãe da cantora Ludmilla, Silvana Oliveira; os ícones televisivos da virada do século Luiza Ambiel e Flávio Mendonça; o ator Gui Santana; a ex-panicat Babi Muniz; e o ex-namorado de Sabrina, Dhomini Fontes.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook