ESPECIAL BAIANO

Após críticas por 'novela branca', Globo fará especial de fim de ano só com baianos

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Emílio Dantas e Giovanna Antonelli em Segundo Sol: trama foi criticada pela falta de atores baianos e negros - DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Emílio Dantas e Giovanna Antonelli em Segundo Sol: trama foi criticada pela falta de atores baianos e negros

GABRIEL VAQUER, em Salvador - Publicado em 15/04/2019, às 06h09

Criticada por atores baianos pela falta de representatividade na novela Segundo Sol, que se passava em Salvador mas apresentava uma Bahia essencialmente branca, a Globo vai produzir um especial de fim de ano apenas com atores, diretores e roteiristas locais. A produção será feita em uma parceria da Globo Filmes, braço cinematográfico do Grupo Globo, com a TV Bahia, afiliada da emissora no Estado.

Inicialmente, a exibição será feita localmente no mês de dezembro e pelo Globoplay, mas há chance de ele ser transmitido em rede nacional.

O projeto já foi escolhido e anunciado em um encontro de executivos da TV Bahia com poucos jornalistas em Salvador na semana passada --o Notícias da TV estava presente. As gravações serão no segundo semestre. 

A TV Bahia foi responsável por captar os projetos, numa espécie de concurso com 32 roteiros foram inscritos. O escolhido foi Beleza da Noite, do dramaturgo Gildon Oliveira. A direção ficará a cargo de Dayse Porto e Cecília Amado, com produção-executiva de Tiago Tão.

"O especial estará no Globoplay, isso já é certo. A exibição em rede depende de uma análise, depois de pronto, para ver se o conteúdo tem aderência para transmissão em todo o Brasil, ou se ele é somente regional. Mas a intenção é fazer algo que seja a cara da Bahia", afirmou o diretor de programação da TV Bahia, Hugo Brito.

O especial contará a história de uma mulher negra, que é mãe solteira e mora numa comunidade carente de Salvador. Ao notar que a filha se incomoda por ser negra, a mãe decide entrar no concurso Deusa do Ébano, promovido pelo movimento Ilê Aye e considerado o mais importante evento de beleza negra do Brasil.

Mais espaço para os negros da Bahia

A escolha por uma história do tipo não é a toa. A Globo foi criticada pela falta de negros em Segundo Sol, que era ambientada na Bahia, um Estado que concentra o segundo maior número de pessoas pardas ou negras --76,3% da população, segundo dados de 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Na ocasião, um grupo de atores pediu uma reunião com diretores para explicar a posição da Globo sobre o assunto, e a emissora respondeu dizendo que, de fato, ainda há uma representatividade menor do que gostaria.

A TV Bahia vem tentando aumentar a representatividade em sua programação. Contratou recentemente Luana Assiz para apresentar a previsão do tempo em seu jornal noturno. Ela vem sendo chamada de "Maju Baiana", em referência a Maria Júlia Coutinho, âncora do tempo do Jornal Nacional. 

Além disso, a emissora criou o quadro Afrojob, que vai ao ar no Jornal da Manhã, equivalente ao Bom Dia São Paulo, no qual dois repórteres negros destacam oportunidades de empreendedorismo e emprego entre pessoas de cor. A iniciativa ajudou o matinal a subir sua audiência em 2019.

Não é a primeira vez que a Globo investe em dramaturgia regional para seus especiais. Em 2017, a emissora incluiu duas produções de Brasília --Amor ao Quadrado e Meio Expediente-- em seu cronograma de fim de ano.

A Globo vive uma grande crise de audiência na capital baiana, perdendo em vários horários e até na média do dia para a Record, que tem muita força em programas locais.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é o casal mais quente de A Dona do Pedaço?
Vivi e Chiclete, a princesa e o plebeu têm química demais.
62.17%
Josiane e Régis, os vilões pegam fogo quando estão juntos.
2.08%
Fabiana e Rock, ele mostra que de santinha ela não tem nada
8.68%
Qualquer um que não seja Maria da Paz e Amadeu. Casal mais sem graça!
27.06%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook