Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ASSASSINADO PELO SOGRO

Antes de morrer, Rafael Miguel planejava fugir com namorada: 'Nosso plano ideal'

REPRODUÇÃO/RECORD

Imagem de Isabela Tibcherani com blusa branca em fundo preto

Isabela Tibcherani em entrevista ao Repórter Record Investigação; jovem relembrou plano de fuga

REDAÇÃO

Publicado em 27/8/2020 - 23h52

Antes de ser assassinado por Paulo Cupertino, Rafael Miguel (1996-2019) planejava fugir com a namorada Isabela Tibcherani. "Era o nosso plano ideal", confessou a jovem, que também explicou que o ator pretendia usar suas economias para se mudar para uma casa na companhia da amada --ele até já tinha escolhido o imóvel.

"Ele [Rafael] falou assim: 'Eu vou trabalhar, tenho um dinheiro guardado e estou indo atrás de uma casa para a gente morar, só que você tem que estar disposta a ir embora. Embora de fato, você quer ir embora?'. Ele foi atrás, encontrou uma casinha bacana para a gente morar e estávamos com esses planos", afirmou Isabela, em entrevista ao Repórter Record Investigação desta quinta-feira (27).

Na conversa com Adriana Araújo, Isabela relembrou o relacionamento conflituoso que tinha com o pai, responsável pela morte do intérprete de Paçoca em Chiquititas (2013), do SBT, e dos pais do ator, Miriam e João. "É difícil buscar uma imagem afetiva do meu pai. Tenho muito mais lembranças dele como pessoa agressiva do que como um pai", afirmou.

A namorada disse que presenciou a mãe, Vanessa Tibcherani, ser espancada pelo pai, e alegou também ter sido agredida por Paulo: "Uma vez, estava lavando louça. Ele perguntou alguma coisa e eu respondi, acho que ele não escutou, não foi a resposta que ele esperava. Ele pegou um prato, quebrou na minha cabeça e não podia chorar. 'Não chora não. Se chorar, tem mais' [avisou Paulo]".

Sobre o relacionamento com o ator, Isabela comentou que, em um ano e dois meses, viu poucas vezes o namorado, por causa do ciúme de Paulo. "Dá para contar nos dedos. Olha, acho que passa de umas dez vezes, porque ele [Rafael] me via muito na saída da escola, cinco minutos antes de ir embora. Só para me dar um abraço, um beijo. Ele fazia muita questão, vinha da casa dele só para me dar um beijo", falou ela.

Ao ser questionada pela apresentadora, a jovem confirmou que manteve relação sexual com o namorado uma única vez, mas destacou que o ódio que Paulo sentia de Rafael não era por isso. "Ele criou teorias abomináveis na cabeça dele de que o Rafael não era a pessoa certa pra mim", mencionou.

Paulo Cupertino segue foragido da Justiça. Ele foi indiciado pelo Ministério Público por triplo homicídio, duplamente qualificado.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?