Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

REGÉ-JEAN PAGE

Shonda Rhimes apoia saída surpresa de duque gato de Bridgerton: 'Esperto'

Divulgação/Netflix

Regé-Jean Page em cena de Bridgerton

Regé-Jean Page em cena de Bridgerton; ator está fora do elenco da segunda temporada da série

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 3/11/2021 - 17h33

O anúncio de que Regé-Jean Page, o duque gato de Bridgerton, não retornaria para o elenco da segunda temporada pegou milhões de fãs de surpresa. Para Shonda Rhimes, produtora executiva da atração, a decisão do ator de não voltar para o novo ano foi correta.

Em entrevista à revista Variety, a criadora de Grey's Anatomy disse não apenas entender como apoiar a escolha de Page de deixar a atração. Bridgerton é a segunda maior série da história da Netflix e rendeu ao ator uma indicação ao Emmy 2021.

"Ele tem razão. Eu assinei [contrato] para fazer uma história adorável, com um enredo fechado. Estou bem! Eu não o culpo por isso. Eu acho que ele foi muito esperto ao deixar o que foi perfeito como perfeito", opinou a executiva.

Sobre a reação negativa do público com a saída de Page, Shonda disse entender quem não gostou, mas que isso também mostra o tamanho do sucesso da história.

"Minha suposição do que as pessoas conheciam de romances literários... Eu as subestimei. Esse retorno [do público] significa sucesso, que fizemos da maneira certa. Eu, mais do que ninguém, sei o quanto as pessoas se apegam a casais de TV. Eu entendo o desespero delas", completou.

Para os fãs que esperam uma aparição surpresa de Page no futuro, Shonda não deu muitas expectativas positivas. Apesar de ter feito o convite para que o ator retornasse no segundo ano, a executiva afirmou não acreditar que isso realmente venha a acontecer.

"Eu digo o motivo. Ele é uma grande estrela agora. Como eu gosto de dizer, a ideia de que nós iríamos escrever uma história apenas para Regé continuar em segundo plano não faz nenhum sentido para mim. Por que ele faria isso?", finalizou.

A primeira temporada de Bridgerton foi vista por 82 milhões e chegou a ser a maior estreia original da Netflix --a atração perdeu o posto para o fenômeno Round 6 (2021). A trama contou a história de amor de Simon Basset (Page), o duque de Hastings, e Daphne Bridgerton (Phoebe Dynevor).

Shonda assinou um contrato de quatro anos de exclusividade com a Netflix para a produção de novas séries, o que lhe renderá a quantia de US$ 150 milhões (R$ 835 milhões). Com bônus, o valor pode subir para US$ 200 milhões (R$ 1,1 bilhão), o que a coloca como a showrunner mais bem paga da televisão.

Com a segunda temporada de Bridgerton ainda sem data para estrear, a próxima atração de Shonda na Netflix será Inventing Anna, minissérie com lançamento previsto para fevereiro de 2022 que contará a história da vigarista Anna Delvey. O elenco conta com nomes como Julia Garner (Ozark) e Anna Chlumsky (Veep).


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.