Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

EM JUNHO

Segunda temporada de Coisa Mais Linda ganha data de estreia na Netflix; saiba quando

Fotos: Aline Arruda/Netflix

Sentadas em um barco estão: Pathy Dejesus, Maria Casadevall, Mel Lisboa e Larissa Nunes em cena de Coisa Mais Linda

Pathy Dejesus, Maria Casadevall, Mel Lisboa e Larissa Nunes na segunda temporada de Coisa Mais Linda

DÉBORA LIMA

Publicado em 20/5/2020 - 10h35

Produção brasileira da Netflix, a segunda temporada de Coisa Mais Linda chega no catálogo da gigante de streaming em 19 de junho. O drama, que retrata o que é ser mulher em uma sociedade machista, mostra agora as protagonistas vivendo nos anos 1960. As imagens divulgadas pela plataforma também revelam novos personagens na série.

Na nova leva de episódios, Malu (Maria Casadevall) continua sendo a mesma mulher determinada, mãe dedicada e amiga leal. No entanto, após os acontecimentos do final da primeira temporada, a mocinha ganha uma força interior, alimentada pelo trauma. Ela fica ainda mais forte, sem filtro e desinibida.

Já Thereza (Mel Lisboa) opta por dedicar-se à casa e à família, mas não demora muito para sentir falta do trabalho. Desta vez, a loira vai se aventurar em uma rádio. Antes de seu casamento, Adélia (Pathy Dejesus) pensa muito em sua infância e em seu pai. Ela deseja começar do zero a relação com Capitão (Ícaro Silva) e decide seguir em frente para sempre.

Enquanto isso, a irmã de Adélia, Ivone (Larissa Nunes), passa de uma adolescente típica a uma talentosa aspirante a artista, que tem a chance de provar sua capacidade para uma indústria ainda dominada por homens, com a ajuda de Malu.

Apesar de constar entre os atores presentes na nova temporada da série, Fernanda Vasconcellos, intérprete de Lígia, não aparece nas imagens divulgadas pela plataforma. A ausência da personagem pode ser uma dica sobre o que aconteceu após a tragédia do último episódio do drama.

No elenco da segunda temporada, retornam Leandro Lima, Gustavo Machado, Alexandre Cioletti e Gustavo Vaz. Já entre os intérpretes dos novos personagens estão Val Perré, Breno Ferreira, Eliana Pittman, Angelo Paes Leme, Alejandro Claveaux e Kiko Bertholini.

A nova temporada de Coisa Mais Linda tem seis episódios de 50 minutos cada. Confira as imagens divulgadas pela Netflix:

Malu (Maria Casadevall), Adélia (Pathy Dejesus), Ivone (Larissa Nunes) e Thereza (Mel Lisboa)

.

A protagonista Malu (Maria Casadevall) na segunda temporada de Coisa Mais Linda, da Netflix

.

Thereza (Mel Lisboa) vai trabalhar em uma rádio na segunda temporada de Coisa Mais Linda

.

Casamento de Adélia (Pathy Dejesus) e Capitão (Ícaro Silva) em cena de Coisa Mais Linda

.

Adélia (Pathy Dejesus) e Capitão (Ícaro Silva) na segunda temporada de Coisa Mais Linda

.

Ivone (Larissa Nunes) é uma das novas protagonistas na nova temporada de Coisa Mais Linda


Série para gringo ver

Coisa Mais Linda é uma produção brasileira, mas de olho no mercado estrangeiro. Ritmo nacional muito valorizado no exterior, a bossa nova serve de pano de fundo para a história de quatro mulheres empoderadas. A primeria temporada se passa em 1959, antes mesmo de o movimento feminista chegar por aqui. O cenário? O Rio de Janeiro, com belas praias e um morro idealizado, para gringo ver.

O foco no exterior chega a tal ponto que a produção brasileira conta com uma norte-americana em sua equipe. Heather Roth divide a criação de Coisa Mais Linda com o brasileiro Giuliano Cedroni (de Copa Hotel e Passionais), e leva um pouco de sua visão internacional para o que poderia se tornar uma história tupiniquim demais.

Além disso, a série foi criada e escrita completamente em inglês, e só depois de receber o selo de aprovação gringo foi traduzida para o português. Os chefões da gigante do streaming também descartaram a sutileza e encomendaram um "novelão", especialidade da televisão brasileira.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?