Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

GABRIELLA SARAIVAH

Primeira estrela nacional do Disney+ troca vacina por carreira internacional; entenda

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Gabriella Saraivah faz pose para o Instagram, com a mão na cabeça

Aos 16 anos, Gabriella Saraivah se mudou para Los Angeles para tentar carreira internacional

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 16/6/2021 - 6h30

Depois de atuar nos remakes de Chiquititas (2013) e Éramos Seis (2019), Gabriella Saraivah mira uma carreira internacional. Estrela de Tudo Igual... SQN, primeira série original do Disney+ no Brasil, a atriz de 16 anos encara a plataforma de streaming como um trampolim para Hollywood e, por isso, abriu mão até da tão sonhada vacina contra a Covid-19.

É que, desde dezembro de 2019, Gabriella mora em Los Angeles, na Califórnia, onde estuda em uma escola voltada para artes. Em abril deste ano, o Estado norte-americano liberou a imunização para adolescentes de 16 a 18 anos. Só que, para gravar a série nacional, a atriz tinha voltado ao Brasil em fevereiro. E, por aqui, sua faixa etária ainda nem entrou no plano de vacinação do governo.

Com os trabalhos em Tudo Igual... SQN previstos para acabarem em breve, a ex-chiquitita embarca para a Califórnia no meio de julho --e, aí sim, poderá ser imunizada. Mas o "sacrifício" é pequeno para a atriz. Afinal, para alguém que deixou a família e os amigos no Brasil para tentar a sorte nos Estados Unidos, esperar alguns meses a mais por uma vacina parece pouco.

"Desde pequena eu tenho noção que, para realizar seus sonhos, você precisa abrir mão de algumas coisas", filosofa a atriz em entrevista ao Notícias da TV. "Paramos as gravações por causa do lockdown, e eu acabei tendo que ficar um pouco mais no Brasil. Mas faz parte, todo mundo envolvido na série é muito legal e quer que ela aconteça."

E a saudade dos parentes e amigos, como fica? "A minha vida inteira eu sempre tive que me mudar. Eu já morei no Rio de Janeiro, em São Paulo, na Bahia, agora na Califórnia... Amigos de verdade vão torcer por você onde estiver, não vão perder a amizade. É óbvio que me abala um pouco ficar longe da família, mas dá-se um jeito", minimiza.

De olho em Hollywood

No colégio norte-americano, Gabriella tem aulas de canto, dança, atuação... Tudo o que for preciso para se tornar uma artista completa e cravar seu espaço em Hollywood. "Eu sempre tive o sonho de morar e estudar na Califórnia, e também atuar internacionalmente. Na escola eu aprendo inglês e outras coisas que agregam na carreira. E, assim que tiver uma oportunidade de ser testada, vou estar preparada", acredita.

Depois de interpretar mocinhas, tanto nas novelas da Globo quanto na série do Disney+, ela não esconde o desejo de praticar maldades na ficção. "Queria muito fazer uma vilã. Óbvio que eu aceitaria qualquer papel em Hollywood, ainda não dá para escolher muito também (risos). Mas minhas personagens nunca foram más, e eu queria sair da minha zona de conforto", admite.

Com 12,7 milhões de seguidores no Instagram, Gabriella larga na corrida pelo estrelato internacional na frente de muitos dos colegas de escola, mas  também vê o Disney+ como uma chance de seu talento ser conhecido em vários países ao mesmo tempo.

"A plataforma é recente aqui no Brasil, mas faz muito sucesso lá fora, nos Estados Unidos é uma febre. Nosso plano é que a série bombe aqui e em outros lugares também. Temos boas esperanças e estamos dando nosso melhor. Acho que as pessoas vão gostar", adianta ela.

DIVULGAÇÃO/DISNEY+

Miá Mello e Gabriella Saraivah são mãe e filha

O que é Tudo Igual... SQN?

A trama teen é baseada no romance infantojuvenil brasileiro Na Porta ao Lado (2015), da escritora Luly Trigo, e promete explorar descobertas juvenis e dramas familiares no Rio de Janeiro. A primeira temporada será composta por dez episódios, cada um com cerca de 30 minutos de duração. A série tem previsão de estreia no streaming em 2022.

Na história, a adolescente Carol (personagem de Gabriella) explora o primeiro romance e vive pequenas aventuras com as amigas, enquanto precisa encontra maneiras de aceitar o casamento da mãe, Beth (Miá Mello) com o novo namorado (Kiko Pissolato) e a convivência com o filho dele (Gabriel Falcão) na mesma casa.

"É uma história que você fica querendo saber o que acontece a seguir. A Carol ama ler, tem uma relação muito próxima com a mãe, são só as duas, que têm uma confeitaria. E do nada vem a notícia de que ela quer casar. A Carol fica doidinha com essa situação", confidencia a atriz.

"Tem primeiro amor, primeiro beijo, questões de escola, amizade, conflitos familiares. Acho que tantos os filhos quanto os pais vão poder se identificar. A mãe que erra e pede desculpa, a filha que também aprende muito. É um projeto para toda a família ver junto", valoriza Gabriella.

Veja o vídeo com o anúncio das gravações da nova produção:


Leia também

Web Stories

+
Bárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple Brasil

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?