Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Comédia popular

Mais da metade do público americano aprova revival de Friends, diz pesquisa

Divulgação/NBC

Matthew Perry e Courteney Cox em Friends; público topa ver revival, mas atores não querem fazer - Divulgação/NBC

Matthew Perry e Courteney Cox em Friends; público topa ver revival, mas atores não querem fazer

REDAÇÃO

Publicado em 16/10/2018 - 12h37

Um possível revival de Friends é aprovado por mais da metade dos telespectadores americanos. Esse é o principal dado coletado por uma pesquisa feita pela empresa Morning Consult, encomendada pela revista The Hollywood Reporter. Os entrevistados topam assistir a comédia com os mesmos protagonistas e rejeitam um novo formato com outros atores.

Na era das séries ressuscitadas, o levantamento traz números interessantes para a indústria. Se por um lado séries clássicas têm o aval do público, como Friends (52%), Um Maluco no Pedaço (49%), Seinfeld (46%) e Plantão Médico (43%), outras não ganham o selo de aprovação _são os casos de Alf (34%) e Mad About You (28%).

O pior é que as duas últimas são justamente as séries que têm novas versões em desenvolvimento. A atração com o simpático extraterrestre, chamado no Brasil de ETeimoso, é um projeto em andamento na Warner Bros.

Mad About You também flerta com um retorno. Os atores Paul Reiser e Helen Hunt, intérpretes do casal protagonista da trama, se reuniram para trocar ideias sobre um revival e já falaram com a NBC, rede que exibiu a comédia originalmente nos anos 1990, sobre a possibilidade de um retorno.

Enquanto isso, o fã de Friends terá de ficar chupando o dedo. Todos os seis atores líderes da comédia já deixaram claro que não querem reviver seus antigos papéis. "Se alguém vier até mim e perguntar [sobre uma reunião], eu direi não", chegou a dizer Matthew Perry (o Chandler), em uma entrevista.

O presidente da divisão de entretenimento da NBC, casa de Friends, Robert "Bob" Greenblatt, foi mais categórico: "Não há a menor possibilidade de um revival de Friends ocorrer, nunca irá acontecer", falou em abril.

Revivals vence reboots
A pesquisa da Morning Consult, que ouviu 2.201 americanos entre os dias 4 e 8 de outubro, revela dados importantes sobre a atual a onda de revivals e reboots. Questionados sobre a possibilidade de acompanhar uma série clássica ressuscitada com os mesmos atores (revival), 75% demonstraram que assistiriam à atração.

Porém, ao responderem uma pergunta sobre uma série ressuscitada, mas com personagens diferentes (reboots), somente 35% dos entrevistados disseram desejar algo do tipo. Ou seja, três a cada quatro pessoas ouvidas aprovam revivals (como Will & Grace) em detrimento de reboots (como 24 Horas sem Jack Bauer).

Em linhas gerais, um terço dos participantes ouvidos pela pesquisa preferem uma série original. Os números de audiência da atual fall season, temporada de lançamento que começou no último dia 24, corroboram isso.

Entre os cinco dramas e comédias novatos mais vistos por enquanto, só há produções originais (FBI, God Friended Me, Manifest, New Amsterdam e The Neighborhood). O primeiro revival, Murphy Brown, só aparece na sexta posição.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?