Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FRANQUIA SEM FIM

Ganância dos produtores de Walking Dead vai estragar final do drama zumbi?

Divulgação/AMC

Lauren Cohan crava faca cenográfica em um zumbi de The Walking Dead, enquanto Jeffrey Dean Morgan contém o morto-vivo com uma barra de ferro

Maggie (Lauren Cohan) e Negan (Jeffrey Dean Morgan) terão spin-off e não morrerão em Walking Dead

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 17/4/2022 - 6h20

Com a segunda parte da última temporada de The Walking Dead encerrada no domingo passado (10), o drama zumbi se encaminha para os oito episódios finais, no ar a partir de agosto. O suspense sobre o destino dos quatro personagens principais, porém, já caiu por terra: por ganância dos produtores, o público descobriu de antemão que Daryl (Norman Reedus), Carol (Melissa McBride), Negan (Jeffrey Dean Morgan) e Maggie (Lauren Cohan) não morrerão.

É que, antes mesmo do desfecho da série original, o canal AMC (que exibe o drama zumbi nos Estados Unidos) anunciou duas produções derivadas: a primeira, ainda sem título, mostrará Daryl e Carol em uma nova aventura; a segunda, Isle of the Dead (Ilha dos Mortos), acompanhará Negan e Maggie em uma Nova York tomada por mortos-vivos.

Parece óbvio que, se as novas séries vão mostrar esses quatro personagens, eles não poderão morrer na reta final de The Walking Dead --a possibilidade de as atrações se passarem antes dos eventos da produção original é anulada pelo fato de as duplas se conhecerem apenas no decorrer da atração.

O próprio Jeffrey Dean Morgan, que não tem papas na língua, se mostrou surpreso com o fato de a produção de Isle of the Dead ter sido anunciada antes mesmo da exibição dos episódios finais. "Acho que não vamos morrer. Aviso de spoiler, pessoal, desculpem! Eu não sei por que revelaram tão cedo. Foi chocante para mim", disse ele em entrevista ao The Rich Eisen Show.

Morgan, inclusive, chegou a dizer que a rivalidade entre Negan e Maggie era tão intensa que julgava impossível um dos dois sobreviver até o fim da série. "Acho que ela vai ter que matá-lo, ou ele vai ter que matá-la", comentou ao site TVLine na estreia da atual temporada.

Nos quadrinhos que inspiraram a série, Negan e Maggie sobrevivem até o fim, mostrado na edição 193. Já Carol morreu bem antes, na edição 42 --sua versão televisiva ganhou sobrevida e caiu nas graças do público por conta da atuação de Melissa McBride e pela transformação da dona de casa em uma guerreira implacável. Daryl, por fim, não existe nas HQs e foi criado para a TV.

Série de mentirinha?

O anúncio antecipado dos dois spin-offs estragou tanto o destino do quarteto que alguns fãs acreditam até que uma das produções seja fake --uma mentira contada pelos produtores para que o público seja pego de surpresa quando algum dos personagens morrer, de fato, em Walking Dead. As apostas recaem, mais uma vez, sobre Maggie ou Negan.

Tanto Lauren Cohan quanto Jeffrey Dean Morgan, porém, têm falado em entrevistas e nas redes sociais que estão animados para o novo projeto, e que mostrar prédios icônicos de Nova York destruídos e tomados por zumbis será um diferencial para Isle of the Dead se sobressair.

A história também ganhou um showrunner, Eli Jorné (na equipe da franquia desde 2019). Se a série for mesmo de mentirinha, será uma lorota muito bem elaborada...


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.