Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RECAP 11X16

The Walking Dead: 11ª temporada aquece guerra final com mortes e golpe

Divulgação/AMC

Norman Reedus e Lauren Cohan em cena de The Walking Dead

Norman Reedus e Lauren Cohan em cena de The Walking Dead; série de zumbis está próxima do fim

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 11/4/2022 - 0h01

Prestes a chegar ao fim, The Walking Dead exibe o último episódio da segunda parte de sua 11ª temporada neste domingo (10) como um aquecimento para o que vem por aí. Com a iminente guerra contra a Commonwealth à vista, o drama de zumbi preparou a sua cartada derradeira com mais mortes e um golpe de estado.

Intitulado Acts of God (Atos de Deus, em tradução livre), o décimo sexto episódio do novo ano terminou de pavimentar o caminho para a batalha final entre as comunidades e a Commonwealth. Em duas frentes, os sobreviventes de Alexandria declararam guerra contra Pamela Milton (Laila Robbins) e Lance Hornsby (Josh Hamilton).

Fora dos muros da Commonwealth, Hornsby deu sequência ao seu plano de contratar Leah (Lynn Collins), a responsável por roubar as armas de seu exército, para matar Maggie (Lauren Cohan) e seus aliados. Ciente da ameaça, a líder de Hilltop foge da comunidade e entrega Hershel (Kien Michael Spiller) aos cuidados de ninguém menos do que Negan (Jeffrey Dean Morgan), o assassino de Glenn (Steven Yeun), pai do garoto.

Em claro aceno de paz, Maggie pede que o ex-vilão cuide do garoto porque está começando a confiar nele. Negan aceita e reafirma a sua admiração e respeito pela líder que a morena se tornou.

Enquanto Maggie e Leah "brincam" de gato e rato no meio da natureza, Daryl (Norman Reedus), Gabriel (Seth Gilliam) e Aaron (Ross Marquand) batalham contra um esquadrão da Commonwealth que pretendia matá-los a mando de Hornsby. O trio se sobressai e derrota os soldados, causando mais uma vez a ira do conselheiro de Pamela.

Experiente em combate, Leah consegue dominar Maggie, sequestrando-a e prendendo-a como refém em uma cabana. As duas mulheres discutem e trocam provocações, mas era apenas uma distração da mãe de Hershel, que usou o momento para se desvencilhar das cordas e atacar a rival.

As duas lutam no chão, mas Leah consegue novamente dominar Maggie. Quando a loira preparava o seu golpe final, Daryl aparece e dá um tiro na ex-namorada, que cai morta no chão. O galã salva Maggie e a ajuda a fugir antes que Hornsby consiga chegar com o resto de seu exército.

Com Leah morta e os sobreviventes em fuga, Hornsby decide dar um golpe e tomar à força todas as comunidades aliadas. Desta forma, Alexandria, Hilltop e até Oceanside sucumbem e são dominadas pelas tropas do vilão, que estabelece a Commonwealth como o "reino" dominante.

DIVULGAÇÃO/AMC

Negan (Jeffrey Dean Morgan)

Negan (Jeffrey Dean Morgan)

Revolta interna

Na outra ponta do episódio, Eugene (Josh McDermitt) e Max (Margot Bingham) acordam da sua noite de amor prontos para desmascarar os crimes de Sebastian Milton (Teo Rapp-Olsson) que causaram a morte de vários habitantes da Commonwealth. Para isso, a irmã de Mercer (Michael James Shaw) topa roubar documentos sigilosos que provam a culpa do filho de Pamela.

Para divulgar a história, Connie (Lauren Ridloff) sugere ligar os crimes de Sebastian à líder da comunidade gigante, causando um clima de desconforto entre os habitantes e uma possível revolta na Commonwealth. Com a ajuda de Ezekiel (Khary Payton), o grupo consegue espalhar o jornal de Connie por toda a região, o que causa a fúria de Pamela.

Os últimos instantes do episódio mostram que a última leva da 11ª temporada vai concluir a batalha final entre os sobreviventes e a Commonwealth, com Lance Hornsby despontando como o último grande vilão da série. Com um sorriso maligno no rosto, o aliado de Pamela Milton domina as comunidades enquanto Maggie e os outros estão foragidos.

Após a exibição do episódio deste domingo, The Walking Dead entra em hiato e retorna no segundo semestre deste ano. A 11ª temporada é exibida semanalmente no catálogo do Star+.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.