Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DERIVADA

The Walking Dead ganha série spin-off com rivais Negan e Maggie; saiba mais

DIVULGAÇÃO/AMC

Lauren Cohan e Jeffrey Dean Morgan discutem em cena da 11ª temporada de The Walking Dead

Lauren Cohan (Maggie) e Jeffrey Dean Morgan (Negan) em cena da 11ª temporada de The Walking Dead

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 7/3/2022 - 17h08

O universo de The Walking Dead não para de crescer. O canal pago AMC anunciou nesta segunda-feira (7) que está produzindo um novo spin-off da franquia de zumbis centrado nos rivais Maggie (Lauren Cohan) e Negan (Jeffrey Dean Morgan) com estreia prevista para 2023.

Intitulado Isle of the Dead (Ilha dos Mortos, em tradução livre), o novo filhote terá apenas seis episódios e será situado em Nova York. A trama se passará na ilha de Manhattan, popular cartão postal da cidade norte-americana.

O projeto marca o quinto spin-off da franquia desde a criação da série original. Eli Jorné, roteirista e coprodutor executivo de The Walking Dead por muitas temporadas, foi anunciado como showrunner da atração. Além de estrelar o novo filhote, Lauren e Morgan foram confirmados como produtores.

De acordo com a sinopse oficial, Isle of the Dead mostrará Negan e Maggie viajando por Manhattan, local que se encontra infestado de zumbis desde que o vírus derrubou a sociedade. Os sobreviventes locais transformaram a cidade em uma anarquia formada por muito sangue e terror.

"Este é um grande dia para o universo em expansão que estamos construindo em torno de The Walking Dead", disse Dan McDermott, presidente de entretenimento da AMC Networks, em comunicado oficial.

Ele não apenas adiciona outra série excelente à nossa franquia, mas estende nossa narrativa em torno de dois personagens inesquecíveis que os fãs aprenderam a odiar e depois amar como Maggie e Negan, brilhantemente interpretados por Lauren e Jeffrey. Também nos permite explorar um canto desse universo localizado na ilha de Manhattan, com um horizonte icônico que assume um significado muito diferente quando visto pelas lentes de um apocalipse zumbi.

Scott M. Gimple, chefe de conteúdo de toda a franquia The Walking Dead, elogiou o projeto idealizado por Jorné e atiçou os fãs dizendo que o novo filhote será muito diferente do que já fora mostrado anteriormente em outras séries derivadas.

"Eli criou um hospício de mortos caótico, bonito e sujo para Negan, Maggie e os fãs da série ansiosos para descobrir um mundo invisível e insano do nosso universo. Lauren e Jeffrey sempre foram colaboradores fantásticos e, agora, trazemos essa colaboração para o próximo nível com uma série que levará esses personagens ao seu limite com o mundo e entre si. Todos nós estamos entusiasmados em levá-los a um épico totalmente novo e diferente", concluiu.

O spin-off marca uma grande reviravolta para Lauren Cohan, que apareceu pela primeira vez em The Walking Dead na 2ª temporada. As tensas negociações de contrato no final da 8ª temporada a levaram a deixar a série no ano seguinte. A atriz retornou para o final do 10º ano e voltou a integrar o elenco regular para a temporada final.

Além de Isle of the Dead, a franquia de zumbis tem outros dois projetos engatilhados para estrear após o fim da série original: um spin-off ainda sem título oficial estrelado por Norman Reedus (Daryl) e Melissa McBride (Carol), e Tales of the Walking Dead, atração no formato antologia que contará uma história diferente com novos personagens em cada episódio.

Atualmente, além da série original, a franquia conta com Fear the Walking Dead, que já está renovada para uma oitava temporada. Segundo spin-off ambientado neste universo, World Beyond encerrou a sua trajetória após o fim de seu segundo ano.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.