Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

A VIDA DEPOIS DO TOMBO

Karol Conká quebra o silêncio e reaparece na web para lançar série no Globoplay

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Karol Conká em A Vida Depois do Tombo, documentário do Globoplay

Karol Conká em A Vida Depois do Tombo, documentário que estreia nesta semana no Globoplay

REDAÇÃO

Publicado em 25/4/2021 - 22h30
Atualizado em 26/4/2021 - 0h05

Depois de bater o recorde histórico de rejeição do Big Brother Brasil e dar um sumiço das redes sociais, Karol Conká voltou a falar com os seguidores na web neste domingo (25). A rapper divulgou a série documental A Vida Depois do Tombo, que tem estreia marcada para quinta-feira (29) no Globoplay.

"Oi, pessoal. Não apareci muito por aqui porque entendi que precisava me afastar um pouco das redes e cuidar de mim. Vejo o doc como uma oportunidade, em tempos de cancelamento, de relembrar que somos muito mais complexos do que um reality show é capaz de mostrar", escreveu ela no Twitter.

Mais cedo, Patrícia Carvalho, diretora-geral da produção original Globoplay, comentou no Fantástico que acredita que Karol Conká pode não aprovar o documentário.

Patrícia foi questionada pela repórter Renata Ceribelli se a cantora vai gostar do resultado da série documental, que terá quatro episódios. "Não, porque sempre que a gente tira totalmente o nosso eu diante do espelho tem algo que a gente não gosta. Essa é a Karol Conká diante do espelho", opinou a diretora.

As gravações com a rapper duraram 25 dias e geraram mais de 200 horas de material. A equipe começou a acompanhar a cantora um dia depois que ela foi eliminada com 99,17% de rejeição do BBB21.

"Quais são as faces e as camadas da Karol que confundem a gente? Durante o documentário, a gente ficou na dúvida muitas vezes. Dúvidas sobre quem é ela, o que era falso ou verdadeira. 'Ela está sentindo isso mesmo ou ela tá me manipulando?", falou Patrícia Carvalho.

O documentário apresentará entrevistas com Karol, seus familiares e amigos próximos, que prometeram não passar pano para o comportamento da rapper no confinamento.

Após a participação polêmica pela casa mais vigiada do Brasil, a curitibana de 34 anos adotou uma estratégia para lutar contra o cancelamento: assumir os erros, pedir desculpas e seguir orientações dos assessores. Na casa, Karol se destacou ao perseguir e humilhar Lucas Penteado e brigar com Carla Diaz por ciúme de Arcrebiano de Araújo --seu crush no momento.

Tantos conflitos no BBB21 fizeram com que alguns competidores que já deixaram o programa rejeitassem participar do documentário por não quererem vincular suas imagens com a de Karol.

O título do documentário faz um trocadilho com a música Tombei, maior hit da cantora, e o cancelamento que ela sofreu pelas atitudes controversas no Big Brother Brasil 21. Depois das gravações, a artista se isolou e sumiu das redes sociais, postando apenas fotos com paisagens e alguns memes. A volta aconteceu neste domingo.

Veja teaser de A Vida Depois do Tombo:

Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.