Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Despedidas

De brigas com a chefe a falta de química: Por que atores saem de Grey's Anatomy?

Imagens: Divulgação/ABC

Os atores Katherine Heigl e Justin Chambers com trajes médicos em cena de Grey's Anatomy

Katherine Heigl e Justin Chambers juntos em Grey's Anatomy; ela saiu brigada, ele sem causar

JOÃO DA PAZ

Publicado em 3/3/2020 - 5h14

O ator Justin Chambers atuou pela última vez em Grey's Anatomy no episódio de número 350, que o Sony Channel exibe nesta terça-feira (3), às 21h. Ele estava no famoso drama hospitalar desde a estreia, em 2005. Intérprete do querido Alex Karev, Chambers saiu da série para buscar novos ares na carreira. Foi na contramão de alguns colegas, que abandonaram o barco após brigarem com a chefe ou por falta de química em cena.

Quem encabeça a lista dos barracos mais notórios nos bastidores da atração é Isaiah Washington, que viveu o cardiologista Preston Burke nas três primeiras temporadas. Ele queimou o filme com Shonda Rhimes, a criadora de Grey's Anatomy, após apresentar comportamento impróprio durante as gravações, o que culminou em sua demissão.

O ator vivia um personagem central, envolvido em um romance com Cristina Yang (Sandra Oh). Mas essa proeminência não foi suficiente para mantê-lo na série após ele disparar insultos homofóbicos contra o colega T.R. Knight (o médico George O'Malley), que é homossexual assumido. Washington também discutiu com Patrick Dempsey (o Derek Shepherd), uma das estrelas da atração. Preston Burke não morreu, foi trabalhar na Suíça.

Brigar com a chefe não dá certo. Foi o que T.R. Knight aprendeu ao questionar Shonda sobre a possibilidade de ter mais espaço nos episódios. O ator largou Grey's na quinta temporada, e esses cinco anos vivendo George lhe davam credenciais para fazer tal demanda. Porém, Shonda levou a melhor. O médico morreu.

Única atriz da história de Grey's Anatomy com um Emmy (de coadjuvante, vencido em 2007), Katherine Heigl tropeçou no estrelismo ao questionar os roteiros. Após vencer a estatueta tão cobiçada, ela não quis sequer se inscrever para a premiação do ano seguinte, pois achava que não tinha material digno para concorrer. Sua personagem, Izzie Stevens, não morreu, mas Shonda não admite em nenhum momento trazê-la de volta. A chefona não é de engolir desaforo.

Sarah Drew e Jessica Capshaw deixaram Grey's Anatomy ao mesmo tempo, há dois anos


Falta de química e desgaste

Em 2007, fofocas sobre a exclusão da atriz Brooke Smith (a cirurgiã Erica Hann) movimentaram a imprensa. Circulava na época que executivos da rede ABC, casa de Grey's Anatomy nos Estados Unidos, teriam pedido a saída dela por não gostarem da personagem, que estava em uma relação lésbica com a querida Callie Torres (Sara Ramirez). Depois de um tempo, Shonda esclareceu a polêmica: os roteiristas notaram que as duas não tinham química e optaram pela demissão de uma delas.

Desgastes desse tipo são comuns em uma série há tanto tempo no ar. Foi assim com a dupla Jessica Capshaw (a Arizona Robbins) e Sarah Drew (a April Kepner), demitidas após a 14ª temporada. Os produtores simplesmente não quiseram continuar com as histórias das personagens. Jessica estava em Grey's desde o quinto ano e Sarah, desde o sexto.

Sandra Oh e Sara Ramirez interpretavam amigas em Grey's Anatomy; despedidas sem caos


Busca de novos ares

Justin Chambers foi somente mais um que saiu do drama por vontade própria, com o objetivo de buscar novos ares e desfrutar uma liberdade para tocar novos projetos. A atitude é compreensível, principalmente para quem viveu o mesmo personagem durante mais de uma década.

A turma dos que abandonaram Grey's para fazer outras coisas é composta por: Chyler Leigh (a Lexie Grey), atualmente em Supergirl; Eric Dane (o Mark Sloan), que fez The Last Ship e está em Euphoria; Patrick Dempsey (o Derek Shepherd), que se dedicou à paixão por corridas automobilísticas e está em uma série aqui e acolá; Sara Ramirez (a Callie Torres), que atuou em Madam Secretary; e Jerrika Hinton (a Stephanie Edwards), uma das estrelas de Hunters.

Há dois casos especiais. O primeiro é o de Kim Raver (a Teddy Altman), que em 2012 saiu para fazer outras séries, mas voltou para o lar seis anos depois. E há ainda Sandra Oh, que interpretou Cristina Yang durante dez temporadas. Ela se reafirmou em Hollywood com a excelente Killing Eve, pela qual venceu seu segundo Globo de Ouro. Cristina continua viva no mundo de Grey's Anatomy e é sempre citada nos episódios, deixando aberto um possível retorno.

Por fim, existem aqueles atores que deixaram a série para protagonizar spin-offs. Em 2007, Kate Walsh, que viveu a popular Addison Montgomery, virou a estrela de Private Practice (2007-2013). E Jason George, o Ben George, pendurou o jaleco para investir na carreira de bombeiro em Station 19.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?