Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DEVILS

Com ex-Grey's Anatomy, série escancara a perversão do mercado financeiro

IMAGENS: DIVULGAÇÃO/SKY

De óculos e com cabelo grisalho, vestindo um terno elegante, Patrick Dempsey aparece em cena da primeira temporada de Devils

Patrick Dempsey em cena da primeira temporada de Devils, nova série do canal Universal TV

JOÃO DA PAZ

joao@noticiasdatv.com

Publicado em 2/10/2020 - 6h55

Cinco anos após deixar Grey's Anatomy, Patrick Dempsey ganhou um papel de peso em uma série de alto nível. Eternamente reconhecido como o cirurgião Derek "McDreamy" Shepherd, ele agora encarna um banqueiro multifacetado na visceral série europeia Devils. Seu personagem é uma cobra nos dois sentidos figurados da palavra: perito no que faz, mas com aquele ar de maldade altamente suspeito.

Gravada em Roma (Itália) e em Londres (Reino Unido), Devils tem sua pré-estreia nesta sexta-feira (2) na plataforma digital Universal + (disponível nos serviços Globoplay e Canais Globo). A partir da próxima terça (6), o drama passa a ser exibido semanalmente no canal Universal TV, sempre às 23h. Exibida primeiramente na Europa, a atração chega ao Brasil antes mesmo de entrar no ar nos Estados Unidos.

Na história, Dempsey vive o americano Dominic Morgan, diretor-executivo do banco NYL (New York London). Ambientada no ano de 2011, a série retrata o pesadelo da apocalíptica crise econômica que impactou o Velho Continente e afetou quase todas as pessoas. Banqueiros como Morgan não só saíram ilesos, mas lucraram com isso.

Ao seu lado está Massimo Ruggero (Alessandro Borghi, de Suburra). Pupilo do executivo poderoso, o jovem italiano é sedento por poder e demonstra isso em suas ações no trabalho, disposto a agradar ao chefe, fazendo dinheiro para a firma e galgando cargos cada vez mais importantes dentro dela.

Essa relação estremece após uma tragédia. No prédio do NYL, o veterano banqueiro Edward Stewart (Ben Miles) cai de uma enorme altura e morre. Muito mistério ronda esse incidente (ou seria acidente?). Ele cometeu suicídio ou foi assassinado? Quem teria interesse nessa morte?

O detalhe: o NYL estava em um processo de recrutamento para o cargo de vice-diretor-executivo do banco. Massimo e Edward eram os dois favoritos ao posto. Teria o italiano algum envolvimento nessa fatalidade?

Esse é o ponto em que Devils começa o seu "quem matou?" e fica interessante. Massimo poderia ter provocado a morte do rival? Se isso for verdade, tem de haver algum motivo. Caso não, é preciso descobrir quem maquinou esse crime. Ou nada passou de uma mera infelicidade mesmo. Polícia e imprensa chegam para jogar lenha na fogueira.

Alessandro Borghi em Devils; anjo ou demônio?

Falência de uns, lucro para outros

Paralelo a isso, Devils destrincha com nitidez como o capitalismo pode ser cruel. Traduzido para o português, o nome da série é Demônios, rótulo que pode ser dado aos operadores da movimentação do dinheiro no mundo, capazes de quebrar um país sem dó, levá-lo a falência apenas em benefício próprio, para poder andar de Ferrari rumo a um restaurante chique. Uma reflexão que surge é sobre a possibilidade remota de haver algum anjinho nesse ninho de cobras infernal.

Devils contextualiza bem esse braço da história ao usar imagens reais de telejornais que reportaram a crise europeia na virada da década passada. A série pretende descortinar o que levou de fato à derrocada de países economicamente fracos, integrantes do mal falado grupo dos Piigs (acrônimo pejorativo que siginifica porcos, em português; formado por Portugal, Itália, Irlanda, Grécia e Espanha). A tática é até simples: instaurar o pânico no mercado e encher o bolso com a especulação financeira.

A adaptação da realidade vai até mais fundo no passado, resgatando a crise na Argentina de 2001, com calotes e a população à beira do desespero saindo às ruas com panelas em punho para protestar. A jornalista Sofia Flores (Laia Costa) viveu esse pesadelo na infância e, agora na Europa, está de olho no mercado econômico para saber quem são esses demônios. Ela tem uma participação importante ao ficar na cola dos passos de Massimo.

A primeira leva de Devils é composta de dez episódios --a série está com a segunda temporada confirmada. A trama arquitetada com zelo transforma homens de terno caríssimos e perfumes importados em assassinos frios, que têm como arma um telefone ou a tecla de um computador. Eles, os ricos, ficam cada vez mais ricos às custas do pobre, no simples toque de um botão. É a face diabólica do capitalismo que muitos não querem ver, concretização do que todo mundo já conhece: o de cima sobe, e o de baixo desce.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas