Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

HELENA OU CHAYENE?

Zilda de Laços de Família é a quarta 'empreguete'? Veja outras cinco candidatas

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Thalma de Freitas caracterizada como Zilda em cena de Laços de Família

Thalma de Freitas interpreta Zilda em Laços de Família; empregada gera debate nas redes sociais

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 10/1/2021 - 6h55

Não falta torcida nas redes sociais para que Zilda (Thalma de Freitas) dê uma banana para Helena (Vera Fischer) e se junte às empreguetes na reprise de Laços de Família. Afinal, a mãe de Camila (Carolina Dieckmann) pega tão pesado com a empregada quanto a vilã Chayene (Claudia Abreu) em Cheias de Charme (2012) --foram os maus-tratos que inspiraram Cida (Isabelle Drummond), Penha (Taís Araújo) e Rosário (Leandra Leal) a darem a volta por cima na novela musical.

A esteticista já obrigou a funcionária a trabalhar até altas horas na véspera de natal e, recentemente, quase a tirou de seu quartinho para abrigar Íris (Deborah Secco) após uma briga com Pedro (José Mayer). Ela também se negou a dar férias para a jovem bem no momento em que seu apartamento no Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro, enfrenta ocupação máxima.

As críticas ao folhetim de Manoel Carlos são tantas e tão ferrenhas que Thalma de Freitas se viu obrigada a defender a personagem. Ela alertou que a produção foi exibida pela primeira vez há duas décadas, quando essas trabalhadoras ainda não contavam com avanços importantes como a emenda que regularizou os serviços oferecidos pela categoria --aprovada em 2012.

“Recebo muitas mensagens de amor pela Zilda, mas três foram de repulsa por ela ser submissa e maltratada. Honestamente não identifico essa leitura. Abusar de termos pejorativos e racistas por natureza como 'criada', 'a doméstica', 'escrava', 'maltratada' é mais agressivo do que as acusações", escreveu a artista no Instagram.

A lei pode ter mudado, mas infelizmente nem a realidade nem a ficção acompanharam as conquistas. Depois de Zilda, muitas empregadas padeceram nas mãos de patroas que perderam a linha --até mesmo aquelas com as melhores intenções:

Veja cinco candidatas ao posto de novas empreguetes da dramaturgia:

Dita (Karla Karenina) em A Força do Querer

Dita

Além de manter a casa de Eurico (Humberto Martins) em ordem, Dita (Karla Karenina) ainda sofre nas mãos da jogadora compulsiva Silvana (Lilia Cabral) em A Força do Querer (2017). Para não perder o emprego, a empregada precisa rebolar para ajudar a arquiteta a se livrar das dívidas que contraiu na mesa de pôquer --com direito a lidar com uma galera "da pesada", como Bibi (Juliana Paes).

Zezé (Cacau Protásio) em Avenida Brasil

Zezé

A parceira de Janaína (Claudia Missura) era o alívio cômico de Avenida Brasil (2012), mas o assédio verbal e moral de Carminha (Adriana Esteves) não tinha nada de engraçado. Zezé (Cacau Protásio) era alvo fácil da inimiga de Nina (Débora Falabella) --até chegou a servir de "escada" para que a salafrária pudesse escapar da mansão de Tufão (Murilo Benício).

Maria (Bianca Bin) em Êta Mundo Bom! 

Maria

Maria (Bianca Bin) comeu o pão que o diabo amassou nas mãos de Sandra (Flávia Alessandra) em Êta Mundo Bom! (2016). A perua fazia questão de chamar a rival de "perdida" por ter engravidado antes do casamento, além de humilhá-la sempre que possível --a vilã, no entanto, precisou engolir o orgulho e aceitar a rival como mulher de seu irmão, Celso (Rainer Cadete).

Raquel (Erika Januza) em O Outro Lado do Paraíso

Raquel

Após deixar o quilombo de O Outro Lado do Paraíso (2017), Raquel (Erika Januza) arranjou um emprego na casa de Nádia (Eliane Giardini) para juntar dinheiro e realizar o sonho de se formar em Direito. Ela, no entanto, foi escorraçada pela patroa racista por despertar o interesse do mauricinho Bruno (Caio Paduan) --mas deu a volta por cima e voltou para Palmas como juíza

Crô (Marcelo Serrado) em Fina Estampa 

Crô

Homens são minoria absoluta na função, o que não significa que Crô (Marcelo Serrado) tenha escapado ileso dos abusos de Tereza Cristina (Christiane Torloni) em Fina Estampa (2011). O tom cômico dos absurdos proferidos pela "pitonisa de Tebas" e a subserviência quase masoquista do mordomo foram alvos de críticas na reprise da produção de Aguinaldo Silva no ano passado.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer nas suas novelas preferidas!


Últimas de Laços de Família


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas