Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

MORTE DE VENÂNCIO

Repetição de erro em Renascer: Autor perde chance de ouro de fazer história

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Rodrigo Simas está em close em cena de Renascer na qual usa uma camiseta branca como José Venâncio

José Venâncio (Rodrigo Simas) em Renascer: publicitário morre para remake não ter mudança

MÁRCIA PEREIRA, colunista

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 22/4/2024 - 22h00

O assassinato de José Venâncio (Rodrigo Simas) põe o dedo na ferida do remake de Renascer. A novela das nove da Globo segue o enredo da versão original quase que ao pé da letra e repete um erro bastante questionado de Pantanal (2022), em que o autor Bruno Luperi manteve a morte de Madeleine (Karine Teles) como o folhetim havia exibido em 1990. Tanto no caso dela quanto agora, o novelista perdeu a chance de fazer história com tramas inéditas.

Para quem não sabe ou não lembra, Venâncio morreu em 1993 por conta de problemas do ator Taumaturgo Ferreira nos bastidores. Na época, Benedito Ruy Barbosa matou o personagem para poder tirar o intérprete do elenco, não porque ele havia planejado que isso ocorreria desde a sinopse.

O mesmo ocorreu na primeira versão de Pantanal, na extinta Manchete (1983-1999). Ítala Nandi, que interpretava Madeleine, pediu para deixar a novela porque iria rodar um filme na Índia. Benedito, então, fez a personagem morrer em um acidente de avião. No remake da Globo, o público torceu para que ela escapasse, que voltasse da morte para surpreender e tumultuar a saga.

Luperi já deixou claro que faz uma homenagem ao avô ao adaptar as obras dele para os dias de hoje, mas peca justamente ao deixar de aproveitar aquilo que Barbosa não teve a chance de desenvolver por conta de imprevistos quando suas tramas estavam em produção.

Por mais que o novelista tenha medo de mexer no conteúdo por questões pessoais, o compromisso de um autor também é se manter conectado com o público. Estar aberto para entregar mais do que os telespectadores querem ver. Pronto para alterar sagas que não estão dando certo e hábil para fazer do remake um retrato da sociedade. 

Renascer teve mais de 80 capítulos entregues à produção no ano passado, antes mesmo da estreia. Até agora, o que o público viu no remake estava definido para acontecer desde que a produção começou a gravar as primeiras cenas --inclusive a morte de José Venâncio.

Algumas alterações foram feitas na edição, e a busca de ganchos fortes para encerrar os capítulos tem feito a novela adiantar uma ou outra cena desde o final de março. 

No entanto, é necessário que Renascer surpreenda e ganhe mais agilidade. A trama é forte, tem interpretações e diálogos muito bons, mas precisa se abrir e captar o que prende o telespectador de 2024 diante da tela.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro, quando a emissora vai estrear Mania de Você (nome provisório), de autoria de João Emanuel Carneiro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Renascer: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 23/5 a 1º/6

Quinta, 23/5 (Capítulo 106)
Morena se assusta quando Teca afirma que o tiro que feriu José Inocêncio e matou Belarmino foi dado pela arma fixada em sua parede. Inácia revela a Pastor Lívio sua desconfiança sobre Teca. Mariana fica apavorada ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.