Novela das nove

O Outro Lado do Paraíso: Grávida, Suzy divide casa com Samuel e Cido

Reprodução/Globo

A enfermeira Suzy (Ellen Rocche) voltará para casa ao descobrir que está grávida  - Reprodução/Globo

A enfermeira Suzy (Ellen Rocche) voltará para casa ao descobrir que está grávida

REDAÇÃO - Publicado em 04/01/2018, às 07h11

Samuel (Eriberto Leão) terá que dividir suas atenções e sua casa entre a ex-mulher Suzy (Ellen Rocche) e o namorado Cido (Rafael Zulu) nos próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso. Ele assumirá sua homossexualidade para a mãe e passará a morar junto com o motorista, mas descobrirá que a enfermeira está grávida e precisa de repouso absoluto. Para cuidar da saúde, Suzy morará sob o mesmo teto que o casal gay.

Após descobrir que o ex-marido vive um romance com Cido, Suzy passará alguns dias na casa de amigas enfermeiras. No entanto, ao ficar sabendo que tem uma gravidez de alto risco, ela baterá na porta de sua antiga residência e não será bem recebida.

"Por que não alugou um megafone e saiu avisando para a cidade toda: 'Meu marido é gay, meu marido é gay'? Agora se atreve a vir aqui, e anunciar que voltou para morar? Está enganada. Só um doido aceitaria de volta a mulher que acabou com a sua reputação", vai contestar o psiquiatra.

"Eu tive um treco no hospital. Fiquei de cama, fiz uma bateria de exames. Tou grávida. Gravidez de risco. Eu não posso mais morar com minhas amigas enfermeiras. Preciso ficar em repouso, não posso fazer esforço. Senão ponho em risco a vida do bebê. Minha mãe mora longe, trabalha fora, tem outros filhos. Minha avó tem Alzheimer. Quem vai cuidar de mim?", questionará ela.

Cido opinará que Suzy precisa ficar na casa, e Samuel até comemorará a novidade. "Eu vou ser pai. Mãezinha, ouviu, eu vou ser pai! Você, Suzy, é tão desastrada que nem soube dar uma notícia tão maravilhosa", falará.

Mas a enfermeira a princípio não gostará da presença de Cido no local. "Larguei meu emprego e saí da minha casa. Rompi com minha noiva. Vim morar com o Samuel", contará o motorista. "Como a senhora permitiu uma pouca vergonha desse tamanho?", indagará a enfermeira à ex-sogra. 

"Suzy, eu resolvi aceitar meu filho. Coração de mãe é coração de mãe", falará Adnéia (Ana Lucia Torre). "Coração de mãe de bicha é maior que espigão de apartamento. Cabe tudo", zoará o motorista.

"Chega. Ninguém aqui está discutindo minha sexualidade. Eu não sou bicha. Sou gay. Quer morar aqui, enfermeira Suzana? Então modere seu linguajar. Eu também quero esse filho. Ficará em nosso antigo quarto de casal. Será tratada como uma rainha. Mamãe cozinhará para você. Mas faça o possível para vivermos em harmonia", pedirá Samuel.


Confira cinco reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou de Órfãos da Terra?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook