Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DIA DO FICO

Novo Mundo: Pedro ignora ultimato das cortes portuguesas e faz Avilez bufar de ódio

RAQUEL CUNHA/TV GLOBO

O ator Caio Castro, caracterizado como Pedro, entrega um documento para Paulo Rocha, o Avilez, em cena de Novo Mundo

Dom Pedro (Caio Castro) ignora as ordens de Avilez (Paulo Rocha) em cena de Novo Mundo

DANIEL FARAD

Publicado em 21/4/2020 - 16h30

Com muito gingado, Pedro (Caio Castro) sambará na cara de Avilez (Paulo Rocha) em Novo Mundo. Em mais uma grande jogada de Joaquim (Chay Suede), o príncipe conseguirá o apoio dos brasileiros para ignorar a ordem das cortes portuguesas para que ele e Leopoldina (Letícia Colin) voltem imediatamente para a Europa.

Depois de salvar a vida do filho de Carlota Joaquina (Débora Olivieri), o artista será contratado como segurança pessoal do futuro imperador. De cara, o companheiro de Elvira (Ingrid Guimarães) auxiliará o herdeiro do trono a finalmente se livrar dos pitacos de Thomas (Gabriel Braga Nunes).

O personagem de Chay Suede impedirá um plano do ministro da Defesa para roubar o ouro de um carregamento real rumo a Santos, no litoral de São Paulo. "Vossa Alteza está cercada de traidores. O senhor não acha muito estranho que ele tenha designado soldados despreparados, quase sem munição?", dirá o guarda-costas, para abrir os olhos do português.

O irmão de Miguel (Daniel Rangel) então soltará os cachorros em cima do mau-caráter interpretado por Gabriel Braga Nunes. "Thomas, você está despedido. Motivos eu tenho de sobra, e esse assalto foi a gota d'água", disparará o fidalgo lusitano no folhetim de Alessandro Marson e Thereza Falcão.

Vitória na guerra

Após derrubar o marido de Anna (Isabelle Drummond), o próximo alvo de Joaquim será o vilão interpretado por Paulo Rocha. Com Thomas fora do jogo, pelo menos temporariamente, o general passará a se dedicar noite e dia com uma forma de tirar Pedro do comando da Colônia.

Nas sombras, ele costurará um acordo com os nobres lusitanos para chutar o herdeiro de dom João 6º (Leo Jaime) para bem longe do Brasil. "Mil desculpas por essa visita tão inesperada, mas eu não poderia esperar para dar a notícia ao príncipe do reino. As cortes portuguesas exigem que a Vossa Alteza retorne com toda a sua família a Portugal. É uma ordem, dom Pedro", intimará o militar.

Atônito, o mulherengo implorará por alguns dias para tomar uma decisão, já que seria muito perigoso para a arquiduquesa de Letícia Colin enfrentar uma viagem pelo Atlântico em adiantado estado de gravidez.

Prestes a aceitar a chantagem, Pedro se surpreenderá quando Joaquim lhe trouxer um documento assinado pela população a favor de seu reinado. "Conseguimos coletar 8 mil assinaturas. São 8 mil brasileiros, só na corte, que querem que Vossa Alteza permaneça entre nós", bradará ele, com os papéis em mãos.

"Devo fazer o que é preciso, Joaquim. Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico", comemorá o personagem de Caio Castro nas cenas que serão exibidas no próximo dia 30.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Novo Mundo e de outras novelas!

Últimas de Novo Mundo


Resumos Semanais

Resumo da novela Novo Mundo: Capítulos de 28 e 29 de agosto

Sexta, 28/8 (Capítulo 131)
Anna consegue se soltar e ataca Thomas. Piatã tem um pressentimento sobre Anna. Domitila assiste à coroação de dom Pedro. Matias se casa com Luana. A casa de Sebastião é incendiada e Libério o socorre. Piatã ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Além de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na Globo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas