Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

WWE

Por causa de coronavírus, brasileiros são demitidos de gigante da luta livre

Fotos: Reprodução/Instagram

Montagem com fotos dos lutadores Cezar Bononi e Taynara Conti

Os lutadores brasileiros Cezar Bononi e Taynara Conti no ringue da WWE: demitidos por pandemia

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 21/4/2020 - 14h37

A WWE, maior companhia de luta livre do mundo, demitiu três brasileiros de seu plantel: Taynara Conti, Cezar Bononi e Marcos Gomes. De acordo com a empresa, os cortes foram motivados pela pandemia do novo coronavírus, que prejudicou as finanças da gigante do entretenimento. Dezenas de outros contratados também foram dispensados.

Dos três, Taynara era a que tinha recebido mais destaque nos programas televisivos da WWE. A judoca, que foi treinada no Brasil no instituto mantido por Flávio Canto, assinou contrato com a companhia em outubro de 2016.

Em mais de três anos, ela participou de torneios importantes como o Mae Young Classic, que reunia apenas mulheres, e também se tornou a primeira brasileira a lutar no Wrestlemania --o maior evento de luta livre do mundo.

Já Cezar Bononi atuava na liga brasileira BWF (Brazilian Wrestling Federation) antes de ser chamado para um teste na WWE em outubro de 2015. Ele só apareceu na TV dois anos depois, sendo derrotado por Aleister Black em uma luta no programa NXT.

O ponto alto de Bononi na companhia foi ser eleito o "astro do futuro" na edição do fim de 2017 do NXT --previsão que acabou não se concretizando. 

Marcos Gomes era o mais recente contratado brasileiro da gigante da luta livre. Ele assinou seu acordo há menos de um ano, depois de participar de uma seletiva realizada pela empresa no Chile com vários atletas sul-americanos.

A revista Pro Wrestling Illustrated, uma das mais conceituadas do gênero, listou Taynara como a 90ª melhor lutadora de todo o mundo em sua relação de 2018. No mesmo ano, Bononi ficou com a posição 460 no top 500 de lutadores homens. Gomes sequer teve a chance de entrar na mira da publicação.

Nenhum dos três demitidos se pronunciou sobre as demissões até o momento. Os programas da WWE são exibidos no Brasil pelos canais Fox Sports e, nas últimas duas semanas, também viraram atração do SBT.

Com a demissão do trio, a WWE tem agora apenas dois brasileiros em seu time: Adrian Jaoude (que luta na companhia com o nome de Arturo Ruas) e Rita Reis, que assinou contrato na mesma época de Gomes.

TUDO SOBRE

Coronavírus

WWE


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?