Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CAIS DO VALONGO

Nos Tempos do Imperador reconta história de palco da maior tragédia da humanidade

VICTOR POLAK/TV GLOBO

As atrizes Daniel Ornellas como Cândida e Mary Sheyla como Abena, com roupas com motivos africanos, típicas das classes populares do século 19, conversam na porta de uma casa humilde em cena de Nos Tempos do Imperador

Abena (Mary Sheyla) e Cândida (Dani Ornellas) na Pequena África de Nos Tempos do Imperador

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 20/7/2021 - 17h37

O Cais do Valongo, na zona portuária do Rio de Janeiro, vai ser um dos cenários de Nos Tempos do Imperador, novela inédita das seis que estreia no próximo dia 9. A trama voltará até o século 19 para mostrar o lugar em que mais de meio bilhão de africanos raptados por traficantes de seres humanos na costa da África chegaram ao Brasil.

Os autores Alessandro Marson e Thereza Falcão ainda vão contar como essas pessoas enfrentaram o preconceito e a repressão do Estado para construir uma rede de apoio e afeto justamente nas proximidades do porto que serviu de palco para uma das maiores tragédias da humanidade.

"O papel da Pequena África dentro dessa novela é mostrar esse reduto, de pessoas livres e cúmplices entre si. Ali havia negros de várias nacionalidades africanas. E esse encontro era algo muito poderoso para se tentar manter uma identidade, no momento em que tudo o que não se queria era uma identidade negra", destaca Thereza.

O protagonista Jorge/Samuel (Michel Gomes) vai ser recebido de braços abertos pelos moradores da região, depois de fugir do interior da Bahia ao ser acusado de um crime que não cometeu --e ser salvo da morte por Pilar (Gabriela Medvedovski), com quem trocará juras de amor.

O rapaz, no entanto, sofrerá com a patrulha exagerada do policial Borges (Danilo Dal Farra), que passará a persegui-lo logo nos primeiros dias na capital do Império.

Dom Olu (Rogério Brito) na novela das seis

Dom Olu

O jovem terá perdido o documento que o define como homem livre, e o agente da lei alegará que um negro sem emprego e sem documento deveria ser preso por vadiagem. Ele, no entanto, não passará a noite atrás das grades graças a intervenção de dom Olu (Rogério Brito) --considerado o rei da Pequena África.

O marido de Cândida (Dani Ornellas) goza de prestígio junto a dom Pedro 2º (Selton Mello) e evitará que o rapaz seja detido injustamente. Ele também o convidará para se juntar à sua família enquanto procura um lugar para se estabelecer no Rio.

Jorge/Samuel ainda chamará a atenção de Zayla (Alana Cabral/Heslaine Vieira), filha de Olu, que não medirá esforços para conquistar o coração do galã.

Jorge/Samuel (Michel Gomes)

O que foi é Pequena África?

A Pequena África é considerado um polo cultural no Rio de Janeiro e ganhou esse nome no início do século 20 graças as pinturas de Heitor dos Prazeres. O território compreende os bairros da Saúde, Gamboa e Santo Cristo, desde a Praça Mauá até a Cidade Nova, na região portuária do Rio de Janeiro.

Além da Pedra do Sal e do Museu do Amanhã, o local também abriga o Cais do Valongo, que detém o título de Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Ele é o único vestígio material da chegada dos africanos raptados e escravizados às Américas.


Últimas de Nos Tempos do Imperador


Resumos Semanais

Resumo da novela Nos Tempos do Imperador: Capítulos de 2 a 5/2

Quarta, 2/2 (Capítulo 153)
Tonico foge com Dominique, e Borges o observa de longe. Isabel se desculpa por ter viajado sem avisar a Teresa. Samuel e Pilar encontram Salustiano. Nélio localiza Mercedes. Tonico é perseguido durante sua fuga com Dominique ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.