Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SANDRA HELENA

Nanda Costa diz que Pega Pega a ajudou a assumir sexualidade: 'Tinha medo de falar'

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Nanda Costa está caracterizada como Sandra Helena em sua fase milionária em Pega Pega

Nanda Costa como Sandra Helena em Pega Pega; atriz considera novela das sete um divisor de águas

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 14/7/2021 - 6h45

Nanda Costa avalia que o retorno do público em Pega Pega (2017) foi fundamental para que ela pudesse falar abertamente sobre a sua orientação sexual. A atriz se sentiu tranquila ao perceber que a sua vida pessoal não afetava em nada a repercussão em torno da Sandra Helena, que engatou um romance com Aguinaldo (João Baldasserini) e roubou a cena na novela das sete da Globo.

"Eu queria falar da importância dessa personagem na minha vida, porque eu sempre tive muito medo de falar sobre minha sexualidade, e a Sandra Helena me trouxe uma alegria, uma leveza. Ninguém em nenhum momento questionou a minha sexualidade", argumenta a intérprete ao Notícias da TV.

A artista identifica que esse receio foi alimentado por críticas que colocavam o seu trabalho em xeque unicamente pela sua identidade. "Eu já vi alguns comentários de que eu dava pinta ou mesmo questionando se eu realmente era [lésbica]. Sabe quando a gente não tem a serenidade de falar abertamente sobre quem a gente é fora de cena?", relembra.

A camareira do Carioca Palace foi fundamental para Nanda "exorcizar" esses fantasmas do passado que se acumulavam desde sua estreia em Salve Jorge (2012), novela em que Morena se transformou em um dos alvos preferidos da crítica e dos telespectadores. "Ela provou que eu era uma atriz disponível, perdi o medo do ridículo", pontua.

Não à toa, ele teve a coragem para assumir uma personagem abertamente lésbica em seu trabalho seguinte, a Maura de Segundo Sol (2018). "A novela me deu essa força para viver essa mulher que estava se aceitando, se descobrindo. A Sandra Helena foi um impulso", considera a fluminense.

Amor de mãe

Nanda já namorava a musicista Lan Lahn à época das gravações de Pega Pega, em um romance que começou a se desenhar em 2014. A boa aceitação de Sandra Helena, no entanto, deu força para o casal aumentar a família e encomendar um herdeiro --a atriz atualmente está grávida de cinco meses.

"A partir desse momento, eu comecei a pensar na maternidade, porque até então eu não sabia como explicar para as pessoas. Como se eu tivesse que explicar, né, mas eu entendo que sou uma figura pública. Eu não sabia como a minha carreira seguiria em frente, mas eu tive uma onda de amor muito grande", arremata a gestante.

Pega Pega vai substituir Salve-se Quem Puder a partir da próxima segunda (19). O folhetim de Claudia Souto ganhou uma "edição especial" para dar maior frente de gravações à Quanto Mais Vida, Melhor --folhetim inédito que Mauro Wilson escreve para a faixa das 19h.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#65 - Tudo sobre o final de Salve-se Quem Puder!" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer nas novelas da Globo.


Últimas de Pega Pega


Resumos Semanais

Resumo da novela Pega Pega: Capítulo de 19 de novembro

Sexta, 19/11 (Capítulo 107)
A polícia intercepta o avião de Athaíde e Lígia. Sabine é surpreendida pela polícia e presa pelo sequestro de Dom. Lígia confessa que planejava matar Sabine, e não Mirella. Júlio, Sandra Helena, Agnaldo e Malagueta recebem ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Sim, as histórias estão se repetindo
17.86%
Cansei de Juma e José Lucas!
32.00%
Não, a novela continua boa
24.76%
Não assisto Pantanal
25.38%

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.