Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TODAS AS GAROTAS EM MIM

Malhação bíblica vai tão mal que Reis vira 'boia salva-vidas' da Record

REPRODUÇÃO/RECORD

A atriz Mharessa caracterizada como a Mirella em cena de Todas as Garotas em Mim

Mharessa em Todas as Garotas em Mim; série ganhará mais temporadas apesar do baixo ibope

DANIEL FARAD e GABRIEL VAQUER

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 24/6/2022 - 6h40

Reis está longe de ser um sucesso de audiência, mas se tornou uma das principais alternativas para minimizar a fuga de público provocada pelo fiasco de Todas as Garotas em Mim. Nos bastidores da Record, a possibilidade de o folhetim voltar antes do programado começa a ganhar força --na expectativa de recuperar pontos preciosos no Ibope.

A rede de Edir Macedo deixou para trás os bons resultados de Gênesis (2021) e, hoje, vive uma crise no horário nobre que não se via desde a malfadada Máscaras (2012). A emissora, que costumava ser vice-líder no horário, tem virado freguês para Poliana Moça e a reprise de Carinha de Anjo (2016).

A situação é tão crítica que até o Programa do Faustão, na Band, tem encostado na série de Stephanie Ribeiro. Segundo fontes do Notícias da TV, a produção já começou a sofrer alguns ajustes na edição para ganhar mais agilidade e, se necessário, sair do ar antes do previsto.

Os atores e a equipe de Reis já estão gravando a terceira temporada na Casablanca Estúdios, no Rio de Janeiro. A produção está se mobilizando diante da possibilidade de colocar o primeiro capítulo no ar em até uma quinzena antes do planejado.

A emissora nunca divulgou oficialmente uma data para a estreia de A Rejeição, mas internamente trabalha-se com a terceira semana de julho. Saul (Carlo Porto) voltaria como protagonista e passaria o posto para Davi (Cirillo Luna), que daria início à quarta fase --A Perseguição.

Procurada, a Record afirma que tudo continua como previsto. "Agora exibiremos duas temporadas de Todas as Garotas em Mim até julho, logo após a terceira de Reis, e depois volta a série. As gravações do folhetim, no Rio de Janeiro, continuam normalmente", informa, por meio de nota.

A história de Mirella (Mharessa Fernanda) também não será descontinuada apesar dos resultados aquém do esperado. "A pré-produção de novas temporadas de Todas as Garotas em Mim seguem o ritmo previsto", conclui o comunicado.

Reis sem coroa

A Record conseguiu manter os bons índices de Gênesis, que frequentemente chegava à casa dos dois dígitos, com o compilado de reprises A Bíblia (2022). Os números, no entanto, voltaram a cair com a estreia de Reis --indicando um possível desgaste do formato, sobretudo por erros de planejamento.

Em geral, o folhetim de Raphaela Castro --a ser assumido por Cristiane Cardoso a partir da quarta temporada-- alcança sete pontos na Grande São Paulo. Todas as Garotas em Mim conseguiu abaixar ainda mais a média e sofre para dar cerca de quatro, mesmo com o bom histórico da emissora com produtos para o público jovem.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de Todas as Garotas em Mim e outras novelas:


Últimas de Todas as Garotas em Mim


Resumos Semanais

Todas as Garotas em Mim: Resumo dos próximos capítulos - 1º/8

Segunda, 1º/8 (Capítulo 40)
Melissa não se sente à vontade durante o evento. Mirela dá uma resposta para o perfil fake em suas redes sociais. Giane é desmascarada por Alessandro e faz Heloísa cair em si. Durante o concurso de ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.