Criminoso profissional

Maior vilão da TV, Diogo de Bom Sucesso poderia passar séculos na cadeia; entenda

Reprodução/Globo

O ator Armando Babaioff em cena como o personagem Diogo em Bom Sucesso

Diogo (Armando Babaioff) se daria muito mal se fosse julgado por seus crimes em Bom Sucesso

FERNANDA LOPES - Publicado em 18/01/2020, às 05h20

Enquanto os vilões das novelas das seis e das nove agem de forma mais branda ou enrustida, Diogo (Armando Babaioff) chutou o balde em Bom Sucesso e é de longe o maior vilão da teledramaturgia atual. Na reta final da trama, ele já cometeu vários crimes, de assassinato a abuso sexual. Se fosse preso, o malvado poderia ser condenado a mais de 200 anos.

Segundo Vital Barbosa, advogado criminalista e especialista em direito penal, a soma das condenações dos crimes cometidos por Diogo passariam facilmente de dois séculos.

Por exemplo, a pena para quem comete um homicídio pode ir de 12 a 30 anos, dependendo da gravidade. Só esse crime o vilão já cometeu três vezes --matou Eric (Jonas Bloch), Felipe (Arthur Salles), Jeniffer (Nathalia Altenbernd) e ainda eliminou mais uma pessoa no capítulo desta sexta (17), o segurança da Prado Monteiro.

Houve ainda as várias tentativas de homicídio que não deram certo, mas isso também o levariam à cadeia. A armação de Diogo para cima de Marcos (Romulo Estrela), na qual ele pagou Pessanha (Walter Breda) para plantar cocaína no quarto do mocinho, também renderia uma condenação por tráfico ao mau-caráter. Há ainda o crime de estelionato, por Diogo ter roubado os direitos do livro de Eric e lucrado com ele.

Mesmo no início da novela das sete, quando o ex-genro de Alberto (Antonio Fagundes) ainda não era um serial killer, os crimes já estavam em seu currículo. Ele subornou policiais e bandidos para incriminarem Paloma (Grazi Massafera) num depoimento, por exemplo. Diogo também poderia responder por abuso sexual e estupro, por fazer sexo com Nana (Fabiula Nascimento) quando ela estava bêbada e inconsciente.

Juntando todos os delitos, que serão 14 até o capítulo deste sábado (18), e considerando que ele pegaria penas altas por cada um deles, o vilão poderia ser condenado a passar mais de 200 anos na cadeia.

Mas Vital Barbosa destaca um fator determinante na Justiça Brasileira: "Nossa legislação só permite que um criminoso cumpra no máximo 30 anos de prisão".

Ele ressalta também que, no final deste mês, entrará em vigor a lei 13.964/19, conhecida popularmente como lei anticrime, que mudará a legislação penal no país. "O tempo de cumprimento das penas privativas de liberdade não poderá superior a 40 anos", diz o advogado.

Ou seja, se fosse julgado por seus assassinatos, tentativas de homicídios e por todo o terror que provocou nos personagens de Bom Sucesso, na prática Diogo pegaria no máximo 40 anos de prisão.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Bom Sucesso e de outras novelas!

Últimas de Bom Sucesso

Resumos semanais

Resumo da novela Bom Sucesso: Capítulos de 22 a 25 de janeiro

Quarta, 22/1 (Capítulo 153)
Nana consente que Batista leve Alberto para o Sambódromo. Ramon conta ao garçom da pousada seu plano para pedir Francisca em casamento. Vera deixa escapar para Eugênia que Vicente foi para um camping. Francisca aceita ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook