Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DOCUMENTO IRÔNICO

Irandhir Santos 'reencarna' em Pantanal com sobrenome motivado pelo ódio

FOTOS: JOÃO MIGUEL JR./TV GLOBO

O ator Irandhir Santos exibe cabelo cacheado e camisa semiaberta ao ser acompanhado por técnicos em gravação de cena de Pantanal

O ator Irandhir Santos durante gravação de cena de Pantanal como José Lucas de Nada

MÁRCIA PEREIRA

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 12/5/2022 - 15h28

Fruto da transa que tirou a virgindade de José Leôncio (Marcos Palmeira) no primeiro capítulo de Pantanal, José Lucas de Nada (Irandhir Santos) chega à novela das nove da Globo quase como a reencarnação de seu avô, Joventino --interpretado pelo mesmo ator na primeira fase. Batizado com o sobrenome "de Nada" por ódio ou rancor, ele cresceu como filho de pai desconhecido. O intérprete encara a missão como um "chamado" de Benedito Ruy Barbosa, o criador da história.

"Tenho a sensação de que Benedito já está me convidando há muito tempo. Essa sensação vem da minha infância, quando eu assistia às novelas, e ela se perpetuou na minha formação como ator, quando eu via mais projetos de Benedito. Das quatro novelas que fiz na minha vida, três eram de Benedito: Meu Pedacinho de Chão [2014], Velho Chico [2016] e Pantanal", conta Irandhir Santos em entrevista enviada pela Globo à imprensa nesta quinta-feira (12).

A novela para ele é um ato de criação, mas o ator aponta que o atual trabalho é uma homenagem que essa história já foi para telespectadores de toda uma geração. A primeira versão da trama foi exibida pela extinta Manchete (1983-1999) há 32 anos. 

O público que desconhece o desenrolar da história verá que José Lucas nunca ganhou nada de mão beijada. Foi educado pela mãe, avó e pelos muitos peões que pousavam pela currutela onde eles trabalhavam. Foi com aqueles homens, simples e rudimentares, que José Lucas aprendeu o ofício de peão e saiu, em companhia deles, para ganhar o mundo como caminhoneiro.

Em uma das primeiras cenas de José Lucas de Nada, ele é assaltado, levam a carga e o caminhão, que estavam sem seguro. Jacutinga (Glaucia Rodrigues), a quem chama de avó, vai acolhê-lo. Disposto a recuperar seu caminhão, custe o que custar, ele irá para Pantanal e descobrirá que tem um pai rico: José Leôncio (Marcos Palmeira).

José Lucas com Jacutinga

Jacutinga se despede de José Lucas em cena

O ator conta que não conhecia Pantanal até ir gravar suas primeiras cenas para o remake como Joventino. Ele se diz deslumbrado com o local, mas também com a bela história de pai e filho que encenou nos primeiros capítulos: 

Joventino é um daqueles personagens únicos. É o fundador da casa, de toda a história que vai ser contada. É o alicerce de alguns sentimentos e valores que serão perpetuados nos personagens que vêm depois, como seu filho José Leôncio e seu neto, Jove [Jesuita Barbosa]. Joventino é um personagem que é um passo antes da entidade. É convocado pela natureza para seu um grande defensor dela.

Agora, ele encara um segundo personagem na história, um homem cujo rosto já prova que ele é um Leôncio. A aparência do jovem desconhecido fará o "rei do gado" ter mesmo certeza de que ele é seu herdeiro. No entanto, o ator se desvencilha dos spoilers sobre seu novo papel na história.

O curioso é que nesse pequeno trajeto que fiz no início da novela, antes de jogar a bola para o grande Osmar Prado, percebi que esse convite é realizado no tranco. Joventino é convidado, mesmo sem saber, a viver no Pantanal. Numa região que não pertence a ele. Mal sabe ele que está sendo enredado para ser um grande defensor daquele espaço. 

Escrita por Benedito Ruy Barbosa, a novela Pantanal foi exibida em 1990 pela extinta Manchete. O remake da Globo é adaptado por Bruno Luperi, neto do autor, e ficará no ar até outubro.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros:

Ouça "#100 - Muda volta a falar em Pantanal!" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de Pantanal e outras novelas:


Últimas de Novela Pantanal


Resumos Semanais

Novela Pantanal: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 4/7 a 16/7

Segunda, 4/7 (Capítulo 85)
Filó e Irma lamentam a discriminação dos peões com Zaquieu. Mariana assume para José Leôncio seus erros do passado e faz um alerta sobre a possibilidade de que Juma domine Jove. Guta e Marcelo confessam que ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.