Lembra deles?

Ícones do Múltipla Escolha: Por onde andam os professores de Malhação?

Reprodução/TV Globo

Pasqualete (Nuno Leal Maia) e Afonso (Giuseppe Oristanio), dois mestres marcantes de Malhação - Reprodução/TV Globo

Pasqualete (Nuno Leal Maia) e Afonso (Giuseppe Oristanio), dois mestres marcantes de Malhação

REDAÇÃO - Publicado em 15/10/2018, às 05h32

Eles sempre aparecem como coadjuvantes da história e como pano de fundo dos dramas dos alunos, mas em muitas temporadas de Malhação os professores roubaram a cena. As tramas saíram das salas de aula e mostraram também as famílias, os romances e os conflitos pessoais desses profissionais, que conquistaram os adolescentes.

Quem não se lembra, por exemplo, do professor Pasqualete? Nuno Leal Maia é reconhecido pelo papel até hoje, apesar de já somar mais de 40 anos na TV. O ator interpretou o professor de Português rígido, mas querido pelos alunos.

Na mesma época, Giuseppe Oristanio ganhou destaque como o professor Afonso. A novela mostrava bastante a vida dele em família, com os três filhos adolescentes, a mulher (a também professora Linda) e a enteada grávida.

No Dia dos Professores, relembre e veja por onde andam os mestres de Malhação:

divulgação/tv Globo

Nuno Leal Maia em cena como Pasqualete, o professor mais famoso do Múltipla Escolha

Pasqualete (Nuno Leal Maia)
O professor de Português fez história no Múltipla Escolha, com seu jeito correto que divertia os alunos. Ele entrou para a novelinha na primeira temporada situada no colégio, em 1999, ficou até 2001 e depois voltou para dar aulas entre 2003 e 2006. Com mais de 40 anos de carreira na TV, Leal Maia fez sucesso em muitas novelas, mas chegou a declarar que não se interessava mais por esse formato. Seu trabalho mais recente na TV foi a série Juacas (2017), do Disney Channel.

DIVULGAÇÃO/tv GLOBO

Afonso (Giuseppe Oristanio) era pai de Marcelo (Fábio Azevedo) na temporada do ano 2000

Afonso (Giuseppe Oristanio)
Professor que chegou até a ser diretor do Múltipla Escolha, Afonso tinha mais destaque na trama por ser pai de três adolescentes: Fernandinho (Helder Agostini), Cabeção (Sérgio Hondjakoff) e Marcelo (Fábio Azevedo). A casa deles era sempre uma bagunça, ainda mais depois de seu casamento com Linda (Giselle Tigre).

O ator Giuseppe Oristanio atuou em Malhação de 2000 a 2003. Desde 2007 é funcionário da Record, onde já fez 13 novelas. Atualmente está no ar como José de Arimateia em Jesus.

DIVULGAÇÃO/tv GLOBO

Linda (Giselle Tigre) lidou com o drama de sua filha adolescente grávida em Malhação

Linda (Giselle Tigre)
Malhação foi a estreia de Giselle Tigre na TV, no papel da professora de Geografia Linda. Ela também teve mais destaque por causa do romance com Afonso (que virou casamento) e pelo drama de sua filha Bia (Fernanda Nobre), grávida aos 15 anos. 

Após quatro temporadas em Malhação (2000-2003), Giselle se destacou em Amor e Revolução (2011), no SBT, por dar o primeiro beijo entre duas mulheres em uma novela. O carinho durou 30 segundos e tinha como pano de fundo uma trama sobre a Ditadura Militar. Seu último trabalho na TV foi em Gaby Estrella (2014), do Gloob. Hoje, Giselle se dedica à carreira de cantora.

DIVULGAÇÃO/tv GLOBO

Danielle Winits chamou mais a atenção em Malhação quando sua personagem morreu

Marcela (Danielle Winits)
Danielle Winits entrou na temporada de 2012 como a professora de Educação Física Marcela, cujo filho estudava no Múltipla Escolha. Mas a personagem ficou marcada por sua morte. Danielle teria que sair de Malhação para entrar no elenco de Amor à Vida (2013), e a solução encontrada foi matar a personagem, numa sequência criticada pela falta de veracidade. A professora entrou na frente do carro de sequestradores de Lia (Alice Wegmann) e morreu atropelada.

Longe das novelas desde Totalmente Demais (2015), o trabalho mais recente de Danielle na Globo foi um episódio de Brasil a Bordo (2018). Ela está em cartaz atualmente com uma peça em São Paulo.

DIVULGAÇÃO/tv GLOBO

Daniel Boaventura se desdobrou em diversos personagens quando atuou em Malhação

Adriano (Daniel Boaventura)
Diretor do Múltipla Escolha, Adriano tinha uma trama divertida em Malhação. Além de ser atrapalhado, romântico e se meter em confusões, Daniel Boaventura também interpretava o irmão gêmeo e a mãe de seu personagem titular. Vivia fantasiado em cena. Ficou em três temporadas na novela, de 2006 a 2008.

Nos últimos anos, Boaventura tem feito mais participações do que papéis fixos na Globo, em produções como Tapas e Beijos (2013-2015) e Nada Será Como Antes (2016). Cantor, ele também tem CDs gravados e recentemente esteve no elenco do musical Peter Pan como o malvado Capitão Gancho.

DIVULGAÇÃO/tv GLOBO

Licurgo Spinola e Giovanna Antonelli interpretaram Vitor e Isa, par romântico em Malhação

Vitor (Licurgo Spinola)
Na primeira temporada situada no colégio Múltipla Escolha, em 1999, uma das tramas da sala dos professores era a de Vitor. O professor de Matemática era apaixonado pela professora Isa, interpretada por Giovanna Antonelli.

Promessa dos anos 1990, Licurgo tem uma carreira de papéis coadjuvantes na televisão. Fez 15 novelas, entre Globo, Record e SBT. O trabalho mais recente foi na trama bíblica O Rico e Lázaro (2017).

DIVULGAÇÃO/tv GLOBO

Charles Paraventi atuou durante seis temporadas de Malhação como o professor Afrânio

Afrânio (Charles Paraventi)
Em Malhação durante seis temporadas, Charles Paraventi interpretou Afrânio, professor gente boa e divertido de Biologia. Ele era tão despojado que foi até morar com alguns alunos em uma república na temporada de 2006.

O ator diz que esse foi o personagem mais marcante de sua carreira, pelo qual é reconhecido até hoje, e depois fez alguns papéis coadjuvantes na TV e no cinema. Ele aparecerá na Globo na primeira temporada da série Pais de Primeira, com estreia prevista para novembro deste ano.

Últimas de Malhação

Resumos semanais

Resumo da novela Malhação: Capítulos de 16 a 27/12

Segunda, 16/12 (Capítulo 175)
Anjinha insiste em fazer greve de fome, e Marco se irrita. Guga afirma a Max que Rafael não terá seu sobrenome. Milena percebe a briga entre Jaqueline e César. Rita diz a Raíssa que Filipe ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que falta para Amor de Mãe conquistar mais audiência?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook