Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

COVID-19

Globo encerra gravações no Pantanal às pressas e adianta volta do elenco

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Em cena de Pantanal, Alanis Guillen está com a expressão de raiva, segurando uma espingarda

Alanis Guillen é Juma em Pantanal; Globo antecipou fim das gravações por casos de Covid

CARLA BITTENCOURT E GABRIEL VAQUER

carla@noticiasdatv.com

Publicado em 14/6/2022 - 16h01
Atualizado em 16/6/2022 - 10h00

A Globo antecipou em três semanas o fim das gravações de Pantanal no Mato Grosso do Sul por causa de casos de Covid-19 entre os atores. O elenco, que viajou para lá na semana de 11 de maio, ficaria trabalhando no bioma até 9 de julho. A emissora, no entanto, decidiu encerrar os trabalhos antes do previsto.

"Os Estúdios Globo estão acompanhando o desdobramento e os impactos da Covid-19 e, sempre que necessário e de acordo com as melhores práticas das áreas de saúde, revisita e atualiza os protocolos para viabilizar o trabalho nos sets com segurança para todos os envolvidos. No Pantanal, as gravações, que já estavam em sua reta final, foram readequadas", informou a Comunicação da Globo ao Notícias da TV.

Por causa do aumento dos casos de Covid entre o elenco, os atores voltarão do Pantanal no domingo (19), quando já estarão liberados da quarentena. Marcos Palmeira, Dira Paes, Jesuita Barbosa e Gabriel Sater estão entre os infectados.

O protocolo para Covid-19 adotado nas gravações de Pantanal é bastante rigoroso e segue regras estabelecidas no período da pandemia. O elenco é dividido em núcleos, e as filmagens acontecem em diferentes frentes. Cada núcleo que vai gravar é testado antes. Em caso de algum resultado positivo, aquele grupo não grava. E as demais filmagens previstas com outros atores seguem o cronograma normal.

A abreviação também atendeu a dois pontos importantes no caso de Pantanal. O próprio elenco preferia a adequação, já que é mais seguro gravar em estúdios, com protocolos ainda mais rígidos de controle contra a doença. A Globo concordou com a solicitação, por mais cuidado que se tivesse no Mato Grosso do Sul.

Além disso, a emissora temia ter que estender o tempo de trabalho no local se muitos grupos fossem infectados com a doença, o que atrapalharia o cronograma de gravações e aumentaria mais o custo financeiro da trama adaptada por Bruno Luperi. A reta final poderia ser bastante prejudicada nesse sentido.

Leia mais em:

Despedidas 

Na quarta-feira (15), alguns atores fizeram posts se despedindo das gravações no bioma. Silvero Pereira, intérprete de Zaquieu, compartilhou um vídeo com imagens do Pantanal.

"Encerrando essa etapa de gravações no coração do Brasil e levando de lição menos do medo e mais do respeito. Obrigado, Pantanal, pelo abraço da natureza, pelas amizades e tanto amor vivido. Essa experiência é para os filhos dos filhos dos filhos dos nossos", escreveu ele, em referência à música de abertura do folhetim.

Bella Campos, que vive Muda na trama, disse que já está com saudade do sol da região. Já Juliano Cazarré, o Alcides, levou um chapéu feito no Pantanal para casa. Enquanto isso, Lucas Leto, o Marcelo, se despediu do local com um banho de rio.

Confira as publicações dos atores e atrizes da trama das nove:


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros:

Ouça "#105 - Maria Bruaca coloca mais um chifre em Tenório!" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de Pantanal e outras novelas:


Últimas de Novela Pantanal


Resumos Semanais

Novela Pantanal: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 4/7 a 16/7

Segunda, 4/7 (Capítulo 85)
Filó e Irma lamentam a discriminação dos peões com Zaquieu. Mariana assume para José Leôncio seus erros do passado e faz um alerta sobre a possibilidade de que Juma domine Jove. Guta e Marcelo confessam que ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.