MENSAGEM DO ALÉM

Éramos Seis: Carlos 'volta do túmulo' para realizar o maior sonho de Lola

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Danilo Mesquita, em um close de terno preto e chapéu, caracterizado como Carlos em cena noturna de Éramos Seis

Danilo Mesquita em cena como Carlos no folhetim das seis: personagem se despede de Éramos Seis

DANIEL FARAD - Publicado em 21/01/2020, às 05h07

Depois de uma morte trágica, Carlos (Danilo Mesquita) voltará do mundo dos mortos para realizar o maior sonho de Lola (Gloria Pires) em Éramos Seis. A dona de casa se surpreenderá ao descobrir que o herdeiro fez um seguro de vida em seu nome. O dinheiro será o suficiente para quitar o financiamento da casa na avenida Angélica.

O namorado de Inês (Carol Macedo) será acertado em cheio por uma bala perdida ao socorrer manifestantes agredidos pela polícia durante um protesto. Ele não resistirá aos ferimentos e morrerá nos braços de Alfredo (Nicolas Prattes) no capítulo previsto para 1º de fevereiro no remake de Angela Chaves.

O rapaz, entretanto, não será o primeiro a mandar algum tipo de mensagem para a matriarca interpretada por Gloria Pires direto do Além. Mesmo debaixo de sete palmos de terra, Júlio (Antonio Calloni) continuou dando dor de cabeça a mulher com inúmeras cobranças que não paravam de chegar à sua residência.

Após o enterro do jovem, a viúva se assustará quando um senhor bater à sua porta. O homem pedirá para conversar com ela em particular. "Isso foi deixado pelo seu filho, Carlos Abílio de Lemos", afirmará o executivo ao mostrar uma papelada.

"Dívida?", perguntará a doceira, ressabiada com tudo que o marido aprontou. "Não, ao contrário, Carlos fez um seguro de vida em seu nome. Ele nunca lhe disse? A senhora me desculpe, mas dada as circunstâncias de sua morte, nossa companhia se apressou a pagar. É só a senhora assinar aqui, por favor", revelará o trabalhador.

Promessa cumprida

Boquiaberta, Lola segurará a caneta com as mãos trêmulas, com dificuldade para rubricar os papéis. O senhor ainda lhe deixará um cartão de visita. "Esse é o nosso endereço, pode passar no escritório para retirar o dinheiro, é uma boa soma", afirmará, antes de ser conduzido até a porta pela mãe de Isabel (Giullia Buscacio).

Clotilde (Simone Spoladore) precisará acudir a irmã, que não conseguirá segurar a emoção e cairá no choro. "Ele sempre foi um bom filho. Ele sempre cuidou de mim", repetirá a quituteira, entregando os documentos para a tia de Julinho (André Luiz Frambach).

Ela ficará chocada com o valor da apólice. "Um seguro de vida? Carlos fez um seguro de vida? Lola, nós vamos poder pagar o que falta da casa com folga", vai se assombrar e comemorar a personagem de Simone Spoladore.

"Carlos disse que ia cuidar de mim, olhar por nós. Ele queria tanto quitar a casa. Clotilde, eu vou quitar. A casa será nossa, mas a que preço, meu Deus? A que preço?", lamentará a protagonista na novela das seis da Globo.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Éramos Seis e de outras novelas!

Últimas de Éramos Seis

Resumos semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 24 a 27 de março

Terça, 24/3 (Capítulo 151)
Isabel comemora a presença de Lola. Inês teme a proximidade de Lola e Leon. Olga e Zeca se preparam para sua viagem de navio. Lola se sente desconfortável na casa de Isabel e Felício, e ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook