COMUM ACORDO

Carrasco dos realities musicais, Arnaldo Saccomani deixa o SBT após 14 anos

REPRODUÇÃO/SBT

Arnaldo Saccomani no júri do Dez ou Mil, do Programa do Ratinho

Arnaldo Saccomani no júri do Dez ou Mil, do Programa do Ratinho; produtor musical deixou o SBT

GABRIEL PERLINE - Publicado em 22/01/2020, às 05h48

Arnaldo Saccomani não é mais funcionário do SBT. Contratado em 2006 para ser jurado do Ídolos, onde ganhou fama de carrasco, ele ocupava o cargo de diretor musical da novela As Aventuras de Poliana, mas deixou o posto nesta semana. Em seu lugar, foi contratado Thomas Roth, que também integrou o júri dos extintos realities musicais produzidos pela emissora de Silvio Santos na década passada.

O SBT confirmou a informação ao Notícias da TV e disse que a saída de Arnaldo Saccomani foi uma decisão em comum acordo.

Mesmo sem contrato com o SBT, ele seguirá aparecendo semanalmente no júri do Dez ou Mil, concurso de calouros do Programa do Ratinho. Mas sem contrato fixo, apenas recebendo cachê por suas participações.

Saccomani ganhou espaço na TV por conta de seu elogiado e premiado trabalho como produtor musical, iniciado nos anos 1960. Ao longo de sua carreira, produziu artistas nacionais e internacionais importantes, como Tim Maia (1942-1998), Rita Lee, Ronnie Von, Fábio Júnior e o mexicano Luis Miguel.

Em 2006, foi contratado para integrar o júri do Ídolos, que teve apenas duas temporadas no SBT. Quando a emissora perdeu o direito do formato, criou o Astros e, em seguida, o Qual É o Seu Talento?. Saccomani atuou no júri de ambos.

Foi nesses programas que perpetuou seu estilo imprevisível nas avaliações. Havia dias em que ele estava bem-humorado e tecia elogios superlativos aos concorrentes. Mas nos momentos de pouca inspiração, não poupava críticas aos aspirantes a famosos que passavam por sua frente.

No show de calouros do Programa do Ratinho, ele manteve seu estilo, mas passou a ser mais econômico em suas palavras.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook