Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Novela das nove

Em O Outro Lado do Paraíso, Adnéia aceita homossexualidade de Samuel

Reprodução/Globo

Ana Lucia Torre em cena que irá ao ar no capítulo desta quinta (4) da novela das nove - Reprodução/Globo

Ana Lucia Torre em cena que irá ao ar no capítulo desta quinta (4) da novela das nove

REDAÇÃO

Publicado em 4/1/2018 - 8h03

Samuel (Eriberto Leão) será surpreendido no capítulo desta quinta-feira (4) de O Outro Lado do Paraíso ao confessar para a mãe que é gay e ver que ela não o rejeitará por sua orientação sexual. Após flagrar o filho num apartamento com o namorado Cido (Rafael Zulu) e vestido de mulher, Adnéia (Ana Lucia Torre) desmaiará, mas logo recuperará a consciência e revelará que sempre soube que o psiquiatra é homossexual.

Ainda maquiado e de calcinha, Samuel socorrerá a mãe a insistirá para levá-la ao hospital, mas ela recusará. "Não preciso de exames. Levei um choque, já tou me recuperando", dirá. O psiquiatra tentará argumentar que é tudo apenas uma brincadeira, mas sua mãe não acreditará. 

"Não tenho mais nada a dizer. Estou morto de vergonha. Queria que o chão se abrisse, Queria sumir", assumirá ele. Nesse momento, Adnéia o surpreenderá: "Sempre soube". 

"Sempre soube não querendo saber. nunca foi como teus irmãos. Desde garotos eles levavam as namoradinhas pra dentro de casa. Mas nunca aparecia com namorada. Uma vez ouvi um comentário da vizinha, falou alguma coisa de você. Cortei a amizade com ela. Respondi: meu filho é macho", revelará.

"Depois, cresceu, eu estranhava não aparecer com namorada. Teve uma... Até me animei, mas foi um namorinho de alguns meses. No meu coração, eu já sabia. Mas não queria aceitar. Queria que fosse um homem como os outros, que tivesse uma família. Me desse netos. De todos é o filho com quem mais me apeguei. O que cuida de mim. O que eu mais amo", ela desabafará.

Adnéia mandará que Samuel tire o batom e continuará seu discurso. "Por isso insistia que trouxesse uma namorada, casasse. Boba, boba, eu sou tão boba. Imaginava que se casasse, mudaria. Mas não mudou. Manteve aquele apartamento escondido. As calcinhas. Agora sei por que a Suzy reclamava que as calcinhas desapareciam", falará.

"Mãe, me perdoa, me perdoa", pedirá Samuel. "Perdoar? consegue ser de outro jeito?", perguntará ela. O namorado de Cido dirá que tentou.

"Não conseguiu. Portanto, eu vou perdoar o que, se é como é? Talvez tenha que me perdoar. Por não ter te entendido. Não é o dever de uma mãe compreender, amar o filho? Samuel, eu deixei você casar com aquela enfermeira ridícula. Praticamente te obriguei. continua sendo meu filho. Meu filho", dirá Adnéia. Os dois se abraçarão, muito emocionados. 


Confira cinco reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.