Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

CANDOMBLÉ

Após apagar diabinho e medir humor crente, Globo libera macumba em Renascer

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Edvana Carvalho segura bandeja com dois copinhos de cachaça em cena da novela Renascer, da Globo

Inácia (Edvana Carvalho) em cena de Renascer: empregada recorreu a um ritual para ajudar patrão

MÁRCIA PEREIRA, colunista

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 5/3/2024 - 6h10
Atualizado em 5/3/2024 - 10h37

Em Renascer, Inácia (Edvana Carvalho) fez uma simpatia com pinga e mel para que os exus destravassem a verdade por trás do surgimento de Damião (Xamã) na fazenda de José Inocêncio (Marcos Palmeira). A cena exibida no último sábado (2) trouxe de volta à novela das nove da Globo rituais do candomblé. Na estreia do folhetim, a empregada já tinha recorrido a uma cerimônia de cura para salvar a vida do patrão, mas sua religião ficou fora da trama durante mais de 30 capítulos.

A oferenda aos exus foi positiva: esclareceu que Damião teve a morte de José Inocêncio encomendada, mas mudou de lado. Isso mostra que a Globo está preocupada em não espantar os telespectadores evangélicos, que costumam torcer o nariz para os cultos de religiões de matriz africana, mas também que ela não eliminará o candomblé da história.

Já o diabinho preso na garrafa continua presente em Renascer, mas a aparição do cramulhãozinho ainda não foi liberada. O enquadramento das sequências e até efeitos especiais são usados para que o boneco do ser maligno não seja mostrado por enquanto.

A Globo redobrou os cuidados com questões sensíveis para os cristãos. As religiões de matriz africana não são devotas do capeta, mas foram estigmatizadas e até demonizadas por parte da sociedade ao longo da história. Mostrar as crenças de Inácia devagarzinho é uma maneira cautelosa de construir a narrativa, para não dar mais margem à intolerância religiosa.

ritual

Inácia no preparo do ritual de candomblé

O segmento religioso dos evangélicos foi o que mais cresceu no Brasil nos últimos 30 anos, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Portanto, o cenário atual é diferente daquele de 1993, quando a primeira Renascer foi exibida. De olho nisso, o remake até transformou o padre Lívio (Jackson Costa) em pastor, papel de Breno da Matta.

Nas cenas da volta do candomblé à novela, Inácia saudou os exus e pediu que Damião acabasse com seus segredos diante do coronel. No ritual, ela ofereceu um trago de cachaça com mel após rezar enquanto fazia o preparo da bebida. A empregada serviu o drinque sem revelar seu propósito, com um sorriso no canto da boca e até desafiou uma ordem de José Inocêncio.

A sequência aflorou o misticismo, como se Inácia tivesse realizado uma mágica, uma feitiçaria capaz de fazer alguém falar o que não pode ou não quer. No entanto, assim como o ritual de cura da estreia da novela, a cena não teve nada de pesado ou assustador.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Renascer: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 19/4 a 4/5

Sexta, 19/4 (Capítulo 77)
Buba e Venâncio discutem sobre a farsa da gravidez. Egídio pensa em tomar providências, ao saber por Marçal que Augusto esteve com Pastor Lívio no acampamento dos trabalhadores assentados. Lu diz a João Pedro que tem ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.