Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

CENA DESFOCADA

Globo corta diabinho de Renascer para não afastar público religioso; entenda mudança

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Marcos Palmeira caracterizado como José Inocêncio; ele usa uma camiseta cinza e está de perfil para a câmera, enquanto segura a garrafa com o diabinho

José Inocêncio (Marcos Palmeira) segura a garrafa que prende seu diabinho em cena de Renascer

SABRINA CASTRO

sabrina@noticiasdatv.com

Publicado em 4/3/2024 - 7h21

A Globo fez uma mudança importante no remake de Renascer, em comparação com a versão original da novela. Agora, as cenas com o famoso diabinho de José Inocêncio (Marcos Palmeira) são mais desfocadas e rápidas, sem dar espaço para que o ser sobrenatural de fato mostre a cara. A escolha se deu para não afastar o público mais religioso da novela das nove da Globo, mas pode ser revogada a qualquer momento.

A opção da emissora ficou evidente em uma cena na qual o protagonista, ainda sob a pele de Humberto Carrão, descansaria sua garrafa ao lado de uma imagem de Nossa Senhora. Na sequência descrita nos roteiros ao qual o Notícias da TV teve acesso, o público veria o diabinho dançando, como se estivesse zombando da decisão de seu dono.

Mas a emissora usou efeitos de computação gráfica para disfarçar a visão do cramulhãozinho. Efeitos de reflexo no vidro da garrafa tem sido utilizados, além de cortes nas cenas e outras estratégias. De acordo com a coluna Play, do jornal O Globo, a decisão veio da alta cúpula da emissora, que teme afastar o público religioso.

Na versão original do folhetim, o diabinho aparecia claramente. Em alguns momentos, ele até interagia com o que José Inocêncio falava. Agora, dado os avanços tecnológicos, a expectativa era que o capetinha ganhasse contornos ainda mais realistas.

reprodução/tv globo

O diabinho de José Inocêncio na versão orignal de Renascer

O diabinho na versão original da novela

Essa não foi a única mudança feita pela Globo com o olho no público religioso. Bruno Luperi cortou todo um drama envolvendo Lívio (Jackson Costa em 1993; Breno da Matta na versão atual) ao transformá-lo em pastor, numa busca para representar os evangélicos na trama.

Em 1993, o sacerdote se apaixonava por Joana (Tereza Seiblitz na versão original; Alice Carvalho no remake) e entrava em parafuso sobre seguir ou não na vida religiosa.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake ficará no ar até setembro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas:


Resumos Semanais

Renascer: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 25/5 a 8/6

Sábado, 25/5 (Capítulo 108)
Tião se sente mal por estar desempregado. José Inocêncio diz a Teca que a jovem lembra Maria Santa. Zinha fica preocupada com o casamento de João Pedro. Bento deixa claro a José Inocêncio que o filho ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.