Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

CORONEL BELARMINO

Antonio Calloni parte do zero como coronel em Renascer: 'Caminho na desfaçatez'

FÁBIO ROCHA/TV GLOBO

Antonio Calloni está com camisa clara e usa chapéu e óculos ao posar em uma mata como o coronel Belarmino do remake de renascer

Antonio Calloni está caracterizado como o coronel Belarmino de Renascer, próxima novela das nove

MÁRCIA PEREIRA, colunista

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 25/12/2023 - 10h00

Antonio Calloni não quis assistir à versão original de Renascer e preferiu compor do zero o Belarmino do remake. O personagem foi emblemático em 1993, na interpretação potente de José Wilker (1944-2014). Na adaptação da saga escrita por Bruno Luperi, o coronel não muda quase nada: continua influente, poderoso, ambicioso e morre de inveja de José Inocêncio (Humberto Carrão/Marcos Palmeira).

"É muito legal que a minha carreira sempre foi pautada na desfaçatez e na cara de pau, apesar da boa formação que eu tive com grandes mestres, Célia Helena [1936-1997] e Antunes Filho [1929-2019], que deram uma literatura gigantesca para a gente ler. Mas eu caminho sempre pela desfaçatez, pela cara de pau, e crio dentro do meu universo lírico, infantil. Ou seja, eu brinco de fazer conta. É isso que eu sempre fiz, e é isso que eu continuo fazendo", declara Antonio Calloni, 62 anos.

Ele conta que até quer assistir à versão original de Renascer, mas somente depois que gravar todo o remake. "Nem vi o trabalho do Wilker, mas já gosto", elogia. O ator viu muito pouco da primeira versão, mas sempre soube que se trata de uma novela arrebatadora, que conquistou a audiência e tem tudo para repetir o sucesso do passado na nova empreitada. 

"O público já se identifica com o título, porque renascer é uma especialidade do brasileiro. É uma história tão linda, de um Brasil profundo, místico e também é basicamente uma história de amor, uma maravilhosa história de amor muitíssimo bem contada. Quem não se identifica com isso?", questiona.

Para autor, comparar as versões é saudável

O intérprete rasga elogios à toda a produção, mas destaca em especial a direção de Gustavo Fernandez: "É um primor". Para o ator, a comparação entre a primeira versão e o remake será algo saudável:

Eu acho muito bacana, porque são leituras diferentes, a gente não pode negar o que foi feito. Os atores, o texto, a direção... Pelo contrário, olha só que maravilha que a gente tem nas mãos: poder discutir e poder comparar duas grandes obras. E a gente está renascendo junto, é emocionante participar de uma novela que é um ícone da teledramaturgia brasileira.

Na trama, Belarmino fez fama e fortuna nos tempos áureos do cacau, sempre abusando da violência. Com o avanço da praga vassoura de bruxa nas
roças de cacau, ele perde muito dinheiro. A chegada do jovem José Inocêncio, então, desperta o ódio do coronel, conhecido por armar tocaias para se livrar de seus desafetos.

Belarmino é casado com Nena (Quitéria Kelly) e avô de Mariana (Theresa Fonseca), que não chega a conviver com ele. Após a passagem de cerca de 30 anos na história, será ela quem terá a missão de se aproximar do antigo rival da família para vingar o avô.

O remake de Renascer está previsto para estrear em 22 de janeiro no lugar de Terra e Paixão no horário nobre da Globo. A nova versão é escrita por Bruno Luperi, neto do criador da saga, Benedito Ruy Barbosa. A trama ficará no ar até setembro do ano que vem.


Resumos Semanais

Resumo de Renascer: Capítulos da semana da novela da Globo - 21/6 a 6/7

Sexta, 21/6 (Capítulo 131)
João Pedro se lamenta com Zinha e Deocleciano, dizendo que perdeu Sandra de vez. José Inocêncio diz a Inácia que sente desprezo por João Pedro, e que o filho não é mais bem-vindo em sua casa. ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.