Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Novela das nove

A Lei do Amor: Vilão de Thiago Lacerda manda a mulher grávida se matar

Rámon Vasconcelos/TV Globo

Thiago Lacerda (Ciro) vai tratar sua mulher mal na novela A Lei do Amor, da Globo - Rámon Vasconcelos/TV Globo

Thiago Lacerda (Ciro) vai tratar sua mulher mal na novela A Lei do Amor, da Globo

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 13/10/2016 - 6h07

Personagem de Thiago Lacerda em A Lei do Amor, Ciro é um homem que esconde muitos segredos. Frustrado e cansado do casamento com Vitória (Camila Morgado), união que mantém por interesse, ele agirá como um "cavalo" com a mulher grávida nos próximos capítulos da novela das nove. Em uma das brigas, mandará ela tomar uma caixa inteira de remédios tarja preta para acabar com a própria vida.

O público descobrirá no capítulo desta quinta-feira (13) que o ambicioso recebeu U$ 100 mil de Fausto (Tarcísio Meira) para se casar com sua filha. Logo depois, descobrirá também que ele tem quatro celulares guardados em uma gaveta e que o sogro encomendou uma investigação sobre ele, que resultou em vários dossiês e uma misteriosa ligação com Tião (José Mayer). Ciro é um dos suspeitos do atentado contra Fausto e Suzana (Regina Duarte).

Para Thiago Lacerda, Ciro não é um vilão qualquer. "Ele é muito mais uma vítima de si mesmo. Claro que ele não é flor que se cheire. É um cara que tem uma ambição bastante desmedida. É o tipo de homem que perde a noção dos limites do código de convivência social. O que é interessante para mim é imaginar que o Ciro foi um menino talentoso e inteligente, que em algum momento fez escolhas que o levaram para um lugar e que ele não consegue voltar atrás", comenta o ator. 

Camila Morgado é Vitória (Divulgação/TV Globo)

Já a alegre Vitória da juventude, interpretada por Sophia Abrahão, virou uma mulher destemperada, que precisa de ajuda psicológica, mas ele não quer saber disso. Ciro a trata mal, pisa muito nela. Para piorar, Vitória fará uma consulta com a vidente Mileide (Heloísa Perrissé), que dirá que seu marido tem outra. Surtada, ela pressionará Ciro.

Os dois vão brigar, e o mau-caráter mandará ela tomar a caixa inteira de remédios antidepressivos e acabar com seu sofrimento e o dele. Sozinha, ela realmente pensará em se suicidar, mas salva por Luciane (Grazi Massafera). 

"O Ciro é um personagem muito intrigante. Um cara que você não sabe bem o que vem dali. Ele é muito misterioso, muito econômico. O Ciro é bem perigoso e pode ser essa figura que representa um pouco dessa crise moral e ética que a gente vive hoje em dia. Ele é um personagem bastante imoral", diz Lacerda.

O ator conta que contracenar com Camila Morgado é prazeroso porque eles fizeram par romântico em A Casa das Sete Mulheres, minissérie exibida pela Globo em 2003, e têm grande afinidade e admiração um pelo outro.

Lacerda comenta ainda que não espera que o público torça pelo seu personagem, já que ele é bem errado. E por último, revela que buscou inspiração para compor Ciro só na ficção, principalmente na série House of Cards, da Netflix. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro


Confira quatro reportagens especiais sobre A Lei do Amor:

Ator é obrigado pela namorada a assistir novela da Record
Claudia Raia fez teste do sofá com sarados e apimentou a trama
Para levantar novela, Globo cortou falas de empregadas e doença de criança
Bumbum de Grazi Massafera virou a grande sensação do folhetim

Últimas de A Lei do Amor


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Web Stories

+
A Favorita: Veja 7 atores da novela que sumiram da GloboPão Pão, Beijo Beijo chega no Viva 39 anos depois: Quais atores já morreram?Resumo de Pantanal: Madeleine sofre tragédia, e Bruaca se choca com podridão do maridoGkay já fez harmonização facial? Veja antes e depois da influenciadoraNovela Pantanal: Descubra quem é Guito, o ator que interpreta Tibério na trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas