Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ESPIADINHA DIGITAL

YouTube conquista terreno com público e vira novo lar dos realities no Brasil

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Montagem com Fábio Porchat, Ana Paula Padrão e Eduardo Camargo

Fábio Porchat (Futuro Ex-Porta), Ana Paula Padrão (MasterChef) e Eduardo Camargo (Corrida das Blogueiras)

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 8/11/2021 - 6h40

Com 113 milhões de usuários no Brasil, o YouTube se transformou em um novo espaço para a transmissão de realities. Seja com conteúdos produzidos pela própria plataforma, com projetos independentes de criadores de conteúdo ou com a disponibilização de formatos consagrados na televisão, cada vez mais os brasileiros "espiam" competições dentro da rede social.

A mais recente aposta da plataforma é o Futuro Ex-Porta, uma parceria do Porta dos Fundos com o YouTube Originals. "Como criativos incansáveis que são, eles trouxeram a ideia do reality, que era um sonho antigo do grupo e juntos tornamos realidade. O resultado ficou incrível, não há nada parecido na plataforma aqui no Brasil", defende Manuela Villela, líder do time de parcerias com Top Criadores e Figuras Públicas do YouTube Brasil, ao Notícias da TV.

"A essência do YouTube Originals é valorizar os criadores nativos da plataforma, ampliando suas vozes e produzindo conteúdos inéditos, de alta qualidade visual e técnica e originais para serem distribuídos no YouTube. Sendo assim, toda vez que recebemos um novo projeto sempre nos perguntamos: por que esse conteúdo só estaria disponível no YouTube? Valorizamos o DNA criativo dos nossos parceiros, e o reality Futuro Ex-Porta é um exemplo perfeito do que buscamos no mercado", complementa.

Em pouco mais de uma semana, os três episódios já lançados do reality conquistaram mais de 2,1 milhões de visualizações. "Estamos sempre em busca de apoiar e incentivar criadores nativos da plataforma, e os realities são uma realidade no Brasil dentro e fora do YouTube", admite a executiva.

Nos últimos anos, a plataforma apresentou um crescimento no número de usuários em aparelhos televisores. Segundo dados apresentados no Brandcast 2021, evento do YouTube ao mercado publicitário, mais de 60 milhões de brasileiros assistem aos vídeos da rede social na TV. Além disso, uma pesquisa encomendada pela empresa afirma que 74% dos entrevistados disseram que só encontram conteúdos específicos dentro do YouTube.

Para a comunidade LGBTQIA+, um dos exemplos desta segmentação está no reality Corrida das Blogueiras, produzido pela Dia Estúdio. O terceiro ano da disputa está em exibição e apresenta uma disputa de maquiagens, moda e produção de conteúdos entre um grupo de influenciadores digitais. Rafa Dias, CEO da Dia Estúdio e diretor-geral do formato, avalia a repercussão:

As pessoas falam que o Corrida das Blogueiras tem qualidade para estar num canal de TV, mas o YouTube hoje é um canal de TV. Para nós, isso é uma premissa: não é porque está no YouTube que não precisa ter qualidade; então, nós fazemos o máximo que conseguimos. Sou um grande consumidor de realities, principalmente aqueles em que os participantes ficam confinados 24h e, por isso, teremos um novo projeto em novembro, do qual não posso dar muitos detalhes, mas que será o maior reality que a Dia Estúdio já produziu.

Os episódios da nova temporada do Corrida das Blogueiras contam com mais de 1,9 milhão de visualizações na plataforma e têm patrocínio de marcas como Avon, Motorola e Kwai --o que reforça o apelo comercial destas produções no universo digital.

Expansão da TV

Enquanto a oitava temporada do MasterChef é exibida semanalmente na Band sem grande repercussão ou audiência, o reality segue quente com o público do YouTube. Todos os episódios da atual temporada já ultrapassaram a marca de 1 milhão de visualizações dentro da rede social.

O primeiro capítulo do atual ano da competição, que foi ao ar originalmente em 6 de julho, conta com 15,3 milhões de visualizações até o fechamento desta reportagem. No YouTube, a íntegra do episódio é publicada em cinco partes --o número apresentado corresponde à soma da audiência destes conteúdos.

Bake Off Brasil - Mão na Massa, Minha Mulher É Quem Manda (ambos do SBT) e Churrasqueiros (Space) também são exemplos de realities exibidos na TV e, logo depois, disponibilizados no YouTube. A Record publica a íntegra dos seus programas de confinamento no PlayPlus, mas alimenta fortemente o YouTube com trechos dos programas e conteúdos exclusivos, como entrevistas com os eliminados das atrações.

Confira alguns realities exibidos no YouTube:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.