Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

AUDIÊNCIA FORTE

Com conteúdo segmentado, YouTube vira concorrente da televisão; entenda

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Imagem dos youtubers Amanda Mendes e Vítor Dicastro no Brandcast 2021

Amanda Mendes e Vítor Dicastro no Brandcast 2021; YouTube conquistou terreno nas televisões

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 21/10/2021 - 18h49

Durante a pandemia da Covid-19, o YouTube conquistou espaço no mercado brasileiro e tornou-se um concorrente das emissoras de televisão. Segundo dados apresentados pela plataforma nesta quinta-feira (21), mais de 60 milhões de brasileiros assistem aos conteúdos segmentados da rede social nos aparelhos de TV.

"No YouTube, as pessoas encontram o conteúdo que elas buscam e os criadores que amam, uma combinação que traz resultados para as marcas que se conectam de maneira significativa com nossa comunidade de usuários", afirmou Fabio Coelho, presidente do Google Brasil.

Durante o Brandcast 2021, evento do YouTube destinado ao mercado publicitário, a plataforma reforçou a importância desta segmentação: 74% dos brasileiros entrevistados afirmaram que só encontram conteúdos específicos dentro da rede social.

Além dos conteúdos publicados pelos criadores de conteúdo, o YouTube também adquiriu os diretos de transmissão do Campeonato Paulista de Futebol a partir de 2022. Como diferencial, a rede social apostará nos comentários de influenciadores digitais, como os membros dos canais Desimpedidos e Passa a Bola.

A pesquisa apresentada ao mercado apontou que a plataforma de vídeos seria a que os brasileiros mais sentiriam falta caso deixasse de existir. Na guerra contra o Instagram Reels, TikTok e o Kwai, a rede social cresceu com o público jovem por meio dos Shorts, ferramenta de vídeos curtos.

Essa criação de conteúdo movimentou a economia brasileira. Mais de 122 mil empregos foram gerados, o que injetou R$ 3,4 bilhões no produto interno bruto do país.

DIVULGAÇÃO/YOUTUBE

Elenco do Porta dos Fundos em reality

Conteúdo original

Além do Paulistão, o YouTube reforçará a produção de conteúdos originais com o reality show Futuro Ex-Porta, desenvolvido pelo grupo humorístico Porta dos Fundos. A disputa selecionará o novo integrante do elenco do canal e será lançada no dia 30.

O publico também encontrará, a partir de novembro, a série Creators Spotlight, que conta a história de criadores negros que fazem sucesso ao redor do país. Neste tema, em dezembro, será exibido o especial Abre Alas, produzido pela Conspiração Filmes e pela Hysteria. A cantora Agnes Nunes apresentará entrevistas com artistas negras como Sandra de Sá, Preta Gil, Liniker, Tássia Reis e Margareth Menezes.

"O Brasil é um dos cinco principais países em que o YouTube está presente, quando falamos em consumo de conteúdo. É um prazer investir em conteúdo nacional, já que o Brasil tem uma cultura tão rica e o entretenimento é tão valorizado localmente", destacou Margie Moreno, diretora do YouTube Originals para América Latina.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas