Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

LINA MENDES

Conheço essa voz: Dubladora de Raya solta o gogó sobre o dia a dia da profissão

DIVULGAÇÃO/DISNEY

Com um chapéu de palha, ao modelo asiático, um jovem de cabelos pretos, longos e de etnia chinesa leva um banho de chuva em cena de Raya e o Último Dragão

A protagonista que dá título a Raya e O Último Dragão; Lina Mendes empresta a voz à princesa guerreira

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 25/12/2021 - 6h35

A atriz Lina Mendes confessa que poucas pessoas a reconhecem pela voz, mas que já prepara o gogó quando alguém percebe que ela está por trás de personagens como a Adora de She-Ra e as Princesas do Poder (2018-2020) ou a Violeta de Os Incríveis (2004). Ela até já está acostumada a tirar dúvidas sobre o dia a dia de uma dubladora e, por sorte, ainda não se cansou de respondê-las.

"Eu não me incomodo, porque sei que é uma profissão que gera muita curiosidade. Só não acho bacana quando as perguntas são desrespeitosas ou desvalorizam o nosso trabalho", explica ela, que também é cantora lírica, ao Notícias da TV.

A artista, inclusive, diz que as questões costumam ser quase sempre as mesmas. "Perguntam se precisa ter voz bonita para dublar, por onde começar e se assisto a todo o filme ou desenho em que trabalho. Recebo muitas dúvidas sobre o processo de trabalho em si", acrescenta.

E, por falar nisso, Lina já entrega que não é todo mundo que tem acesso à obra como um todo dentro de um estúdio:

Os diretores de dublagem assistem ao filme todo, por exemplo, porque faz parte do trabalho de direção também. Quando vamos dublar um filme ou um desenho não assistimos a tudo, apenas às partes que nosso personagem entra. Mas, mesmo assim, dá para curtir um pouco.

DIVULGAÇÃO/REJANE WOLFF

Lina Mendes é uma mulher jovem, com cerca de 30 anos, branca, de cabelos pretos, e lábios rosados. Olhos castanhos. Ela está vestida de preto

Lina Mendes: a voz por trás de Raya 

Manda áudio

Lina conta que, além das dúvidas, as pessoas ainda pedem --e muito-- para ela enviar um áudio por aplicativo de mensagem. Algo que nem sempre pode ser atendido.

Na verdade, não é permitido nem recomendado enviar áudios. Além disso, temos que tomar muito cuidado com o envio de vozes de personagem porque não sabemos como serão utilizadas e elas estão protegidas por direitos autorais. São produtos da Disney ou da Warner, por exemplo.

Entre os mais pedidos, está a protagonista de Coraline e o Mundo Secreto (2009). "Eu não costumo gravar, mas se estou pessoalmente com um fã, faço a voz dos personagens sem problema", revela. 

A princesa de Raya e o Último Dragão (2021) é outra que costuma figurar entre as mais pedidas:

Eu já me apaixonei pela Raya no teste. Ela é guerreira, forte, quer salvar o mundo. Dar voz a essa personagem tão verdadeira foi emocionante. Sempre fui encantada pelo universo Disney. Quando comecei, já pensava em o quanto seria incrível fazer parte dessa história. E agora faço.

divulgação/LAIKA/FOCUS FEATURES

Coraline: outro sucesso de pedidos a Lina

Perigo à vista

A pandemia de Covid-19 foi um período complicado para Lina, não só por paralisar o setor artístico como um todo, mas pelo fato de a doença também afetar o seu instrumento de trabalho. "Evitei sair de casa e aglomerações. Quando precisei, usava até duas máscaras, sempre lavando a mão e usando álcool gel", lembra.

Ela ainda montou um estúdio de dublagem em casa para poder trabalhar de forma remota. "Fomos nos ajudando com informações sobre equipamentos, adaptação de espaço. A gente passou a trabalhar de forma híbrida", considera.

"Não demorei muito a montar o meu, porque adaptei um cômodo da casa que já era mais silencioso. Só fui fazendo melhorias ao longo da pandemia para tornar o espaço mais confortável e profissional", conclui a atriz.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.