Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ATUAÇÕES DRAMÁTICAS

Além de Loki: Relembre cinco vezes em que Owen Wilson fugiu da comédia

DIVULGAÇÃO/TWENTIETH CENTURY FOX

Owen Wilson sentado ao lado de um cachorro em cena de Marley & Eu

Owen Wilson em cena de Marley & Eu; ator não faz apenas filmes de comédia

VICTOR CIERRO VIEIRA

victor@noticiasdatv.com

Publicado em 14/6/2021 - 6h05

Na nova série Loki, Owen Wilson vive um personagem mais sério, bem diferentes dos tipos divertidos que costuma interpretar no cinema. Seu papel é de um agente da ATV, a Autoridade de Variação Temporal. Mas essa não é a primeira vez que o ator aparece em uma produção mais dramática.

Na série do Disney+, Mobius M. Mobius (Wilson) trabalha na ATV e seu objetivo é manter a realidade intacta. Com um assassino à solta na linha do tempo, o agente precisa unir forças com Loki (Tom Hiddleston) para salvar o mundo.

Os dois até têm uma química descontraída, mas o personagem está longe de ser debochado e, normalmente, serve de escada para o Deus da Trapaça zoar.

Apesar de marcado por suas atuações nos divertidos Bater ou Correr (2000) e Penetras Bons de Bico (2005), Owen Wilson não se limita apenas a um gênero. De drama com cachorro até filme de terror, o Notícias da TV relembra cinco vezes em que o ator fugiu da comédia:

A Casa Amaldiçoada (1999)

Neste filme de terror, Eleanor Lance (Lili Taylor) lida com a insônia. O médico David Marrow (Liam Neeson) convida a mulher para a Hill House, onde vai fazer experiências com ela. No local também estão Theo (Catherine Zeta-Jones) e Luke (Wilson). O último logo percebe que o tal estudo não tem nada ligado à insônia.

O grupo ainda recebe um aviso: ninguém chega perto desta tenebrosa mansão quando escurece e, por isso, ninguém poderá ouvir seus gritos. Eles entendem o motivo do recado quando Eleanor começa a ouvir vozes de crianças que suplicam para serem libertadas.

Atrás das Linhas Inimigas (2001)

Na trama de ação, o experiente aviador naval Chris Burnett (Wilson) fica frustrado após ter sido afastado das missões de combate. Porém, durante um voo de reconhecimento, seu avião é abatido.

Burnett conseguiu fotografar algo que deveria ser mantido em sigilo e teve seu aeronave derrubada por causa disso. Agora, ele precisa sobreviver no meio das linhas inimigas. Para isso, recebe a ajuda do almirante Reignart (Gene Hackman).

Marley & Eu (2008)

No drama que arranca lágrimas até dos mais insensíveis, John (Wilson) se casou recentemente com Jennifer (Jennifer Aniston). Jornalistas de duas companhias distintas, os dois começam uma vida de casal na Flórida.

Com dúvidas sobre sua capacidade de ser pai, John segue o conselho de um amigo e adota um cachorro. Junto com Jennifer, os dois escolhem Marley, um labrador filhote. Com o passar dos anos, o animal se transforma em um grande cão. A chegada de Marley traz amor e caos para a dupla.

Extraordinário (2017)

Baseado na obra homônima de Raquel J. Palacio, o longa acompanha a jornada de Auggie Pullman (Jacob Tremblay). O garoto nasceu com uma deformação facial que o fez passar por 27 cirurgias plásticas.

Aos 10 anos, ele vai, pela primeira vez, frequentar uma escola regular, como qualquer outra criança. Para isso, conta com o apoio do pai (Wilson) e da mãe (Julia Roberts).

Bliss: Em Busca da Felicidade (2021)

Na trama, Greg (Wilson) tem sua vida inteira mudada depois de conhecer Isabel (Salma Hayek). Ela acredita que o mundo onde vivem não passa de uma simulação tecnológica e que ninguém, além deles, é real. Aos poucos, o protagonista passa a acreditar na mulher inspiradora.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Divórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas