BRIGA NA JUSTIÇA

Suposto namorado de Gugu Liberato entra na disputa por herança milionária

REPRODUÇÃO/RECORD e REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Montagem de fotos com Gugu Liberato e Thiago Salvatico

Gugu Liberato supostamente teve uma relação com Thiago Salvatico (à esq); chef disputará herança

ELBA KRISS - Publicado em 13/02/2020, às 18h21

Thiago Salvatico, apontado como suposto namorado de Gugu Liberato (1959-2019), entrou na briga pela herança milionária do apresentador. O chef brasileiro, que mora na Alemanha, contratou o escritório paulista de advocacia Traldi & Saggiori para representá-lo na disputa. As informações são da coluna Direto da Fonte, do Jornal O Estado de S. Paulo, desta quinta-feira (13).

De acordo com a publicação, os advogados que estão a frente do caso, Patricia Saggioro Leal e Mauricio Traldi, confirmam que o brasileiro "foi sim companheiro de Gugu". A relação teria durado oito anos.

A entrada de Salvatico na briga pela herança, avaliada em pelo menos R$ 800 milhões, pode afetar o andamento do inventário. Rose Miriam, mãe dos filhos de Gugu, briga desde dezembro de 2019 por metade da fortuna. Além disso, ela defende que tinham uma relação estável com o comunicador.

Ao Notícias da TV, o escritório Nelson Wilians & Advogados Associados, que representa a médica na disputa, enviou comunicado sobre o suposto namorado de Gugu. Leia a íntegra:

"De acordo com o advogado Nelson Wilians, que representa a viúva Rose Miriam, isso não interfere em nada no processo de união estável. Só tem a finalidade de criar tumulto, embaraço e constrangimento."

Já a assessoria de imprensa da família Liberato informou que "os advogados que representam a família de Gugu não têm conhecimento sobre qualquer novo processo".

Procurados, os advogados de Salvatico não atenderam às ligações da reportagem. 

Briga na Justiça

Desde que iniciou a batalha na Justiça, Rose Miriam tem colecionado uma negativa atrás da outra. Em 5 de fevereiro, a mãe dos filhos de Gugu teve a pensão mensal de R$ 100 mil cassada pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Em uma decisão temporária, o desembargador Galdino Toledo determinou que sejam pagos à médica a quantia de US$ 10 mil por mês, cerca de R$ 42 mil. Esse dinheiro será usado para a manutenção da casa em Orlando, nos Estados Unidos.

No despacho, o desembargador considerou que Gugu e Rose não tinham relação estável, ou seja, não eram marido e mulher, diferentemente do que ela pleiteia. Toledo se baseou no documento, apresentado pela família Liberato, em que a médica reconhece que fez um acordo com o apresentador apenas para ter filhos e educá-los, mas sem uma relação conjugal ou contato íntimo.

Ela havia conseguido a pensão de R$ 100 mil em 24 de janeiro. O juiz da 9ª Vara da Família e das Sucessões do Foro Central da Capital de São Paulo deferiu o pedido liminarmente a favor dela. Na ocasião, ela alegou que estava sem recursos para se manter em solo norte-americano, uma vez que o comunicador era seu provedor.

Já no dia 4 de fevereiro, a juíza Eliane Ferreira, da 1ª Vara de Família e Sucessões da Capital, indeferiu o pedido de bloqueio de 50% dos bens com base no entendimento de que Gugu e Rose não eram marido e mulher. A decisão é considerada uma vitória para a família Liberato.

Para a conclusão, a magistrada analisou o mesmo documento de 2011. Além dessa negativa, a médica também não conseguiu que sua pensão fosse depositada na conta bancária de seu advogado, Nelson Willians.

Outra investida que não deu certo pela defesa da mãe dos filhos de Gugu foi o pedido para retirar Aparecida Liberato, irmã do apresentador, do posto de inventariante da herança. A requisição foi negada e a numeróloga permanece à frente da administração dos bens do irmão.

A disputa na Justiça começou no dia da leitura do testamento, em 29 de novembro, logo após o velório do apresentador, em São Paulo. Excluída, Rose decidiu procurar o escritório de Willians para iniciar o processo de reconhecimento da união estável e ter direito a 50% da herança.

As decisões ainda são em caráter de liminar, ou seja, temporárias. A Justiça vai analisar o mérito da relação entre Gugu e Rose para saber se eles tinham ou não uma relação estável e, consequentemente, se ela tem direito a metade dos bens.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook