Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DIVISÃO DA FORTUNA

Testamento de Gugu vira alvo de disputa na Justiça; companheira quer herança

Reprodução/Instagram

Sofia Liberato, João Augusto Liberato, Marina Liberato, Rose Miriam di Matteo e Gugu Liberato no natal de 2017

Gugu Liberato com a família em foto do Natal de 2017; Sofia, João, Marina e Rose Miriam viviam nos EUA

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 20/12/2019 - 14h57
Atualizado em 20/12/2019 - 15h32

O testamento de Gugu Liberato (1959-2019) virou alvo de uma disputa na Justiça. A mãe dos filhos do apresentador, Rose Miriam di Matteo, quer ser reconhecida como herdeira a acionou o escritório Nelson Wilians & Advogados Associados, de São Paulo, para cuidar de seus interesses. O primeiro passo dela será comprovar a união estável de 19 anos com o companheiro.

A decisão da briga judicial começou com a leitura do testamento. Em documento feito em 2011, o apresentador deixou seus bens, quase em sua totalidade, para os filhos João Augusto, Marina e Sofia. Aparecida Liberato, irmã de Gugu, foi nomeada como inventariante e curadora legal das gêmeas.

Após a leitura do testamento, Rose procurou o escritório de advocacia e assinou uma procuração para cuidar do processo da herança. De acordo com a assessoria da família Liberato, a médica foi avisada de que "tal fato poderia ocasionar problemas ao espólio" e, por isso, redigiu uma carta de próprio punho revogando e retirando a representação do advogado Nelson Wilians.

Em uma reviravolta do caso, Rose voltou a procurar o defensor e o contratou novamente para a disputa pela herança. A informação foi confirmada pelo escritório Nelson Wilians & Advogados Associados ao Notícias da TV.

"A viúva de Gugu Liberato contratou os advogados Nelson Wilians e João Vinícius Manssur para cuidar do inventário e dos bens da família. Rose vivia com o apresentador, com quem teve três filhos: as gêmeas Sofia e Marina, de 15 anos, e João Augusto, de 18 anos. Os advogados representam a viúva e as filhas menores do casal", disse em comunicado enviado pela assessoria de imprensa.

O testamento não somente entrou no alvo de uma disputa familiar como virou caso de polícia. À reportagem, o advogado Nelson Wilians deu detalhes sobre o fato da mãe dos filhos do apresentador ter se arrependido da carta de próprio punho.

"A senhora Rose se sentiu enganada e não representada por esse advogado [Dr. Carlos Eduardo Farnesi Regina, advogado da família Liberato], inclusive já fez um boletim de ocorrência em relação a isso pelos constrangimentos. Ela queria ser reconhecida por sua união estável, que é a realidade: com Gugu vivo, ela era a companheira/esposa dele; com Gugu falecido, é a viúva", disse o defensor.

"Por ser advogado da família do Gugu -- entenda-se irmãos --, este disse que isso não seria possível e que ela deveria 'esquecer' isso. Então, ela rapidamente percebeu que, na verdade, ele estava advogando interesses alheios aos seus e de seus filhos. Ele já sabia que Rose Miriam quer o reconhecimento de união estável e, com isso, transferir todos os direitos decorrentes aos seus filhos com Gugu, ficando apenas com parte do usufruto", completou Wilians.

A defesa deve agora parar o inventário até que seja resolvida a questão da união estável. Segundo o advogado, o valor do patrimônio do apresentador não foi revelado. "É uma 'caixa-preta'. Nem ela [Rose] nem os filhos sabem", contou.

Quando a companheira do comunicador conseguir vitória na Justiça, ela terá direito a metade da herança. O restante dos bens seguirá o destino que Gugu definiu em testamento.

"Dos outros 50%, será 50% para os herdeiros necessários e a Rose concorre como herdeira junto com os três filhos do casal. Sobre os 50% dos 50% obedecerá o que está no testamento, que consta 25% para cada filho do casal e 25% para cinco sobrinhos. Lembrando que Rose já irá passar toda a parte dela para os filhos, ficando apenas com usos e frutos", finalizou o advogado.

Em entrevista para Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, Rose falou sobre a decisão de disputar pelo reconhecimento da união estável: "Qualquer mulher no meu lugar faria isso. Está parecendo que é uma briga. Mas não é. Eu tenho todo o direito de me colocar no meu lugar -- infelizmente, na condição de viúva. A própria família dele estava cansada de nos ver juntos, há 19 anos".

"Eu chamava ele de anjo. Nunca tive outro homem a não ser ele. Há pessoas que não querem aceitar a minha união estável com Gugu. Nós sempre fomos uma família. Marido e mulher, mãe e pai de três filhos. Só isso. É tão óbvio. Tenho inúmeras provas disso", declarou a companheira do apresentador.

De acordo com a médica, ela e os filhos se mudaram para Orlando nos Estados Unidos em 2015. O apresentador viajava com frequência para lá. Antes disso, no Brasil, eles viviam em endereços diferentes.

"Mas nós sempre fomos uma família. A gente sempre se amou. Sempre fomos pai e mãe dos mesmos filhos, íntimos um do outro. O fato de ele morar em uma casa e eu na outra não significa nada, mesmo porque o Gugu gostava de silêncio, entendeu? E ele continuava a vida dele, no escritório dele, na casa dele, no cantinho dele", explicou ela.

Nessa primeira declaração após a morte do companheiro, Rose falou sobre a situação dos filhos. "O Gugu morreu na nossa casa. As crianças estão muito abaladas porque eles viram o pai morrendo no chão. Foi trágico. Ele faleceu nos meus braços praticamente", contou.

O outro lado

A assessoria de imprensa da família Liberato enviou comunicado sobre o posicionamento de Rose Miriam e as declarações para a Folha de S. Paulo. Leia a íntegra:

“A entrevista pegou a todos de surpresa, visto que hoje (20/12) completa apenas um mês desde o acidente sofrido por Gugu Liberato em sua casa em Orlando, na Flórida.

Nenhum familiar de Gugu sabia que Rose Miriam estava no Brasil. Para todos, ela estava em casa, ao lado dos filhos, oferecendo todo apoio necessário. O que causa extremo espanto à mãe e irmãos de Gugu, e é considerado o problema maior e inadmissível, é o fato dos três filhos terem ficado nos EUA sem a mãe ou qualquer parente, principalmente num momento como este quando, segundo a própria Rose Miriam declarou ‘as crianças estão muito abaladas porque eles viram o pai morrendo no chão. Foi trágico’.

Ainda mais sério e triste é o fato dos filhos de Gugu, João Augusto, Marina e Sofia também desconhecerem o paradeiro da mãe. Rose Miriam saiu de casa na segunda-feira (16/12) sem comunicar a ninguém sobre sua viagem, deixando apenas uma mensagem de Whatsapp, informando a um funcionário que iria para um retiro e retornaria na quarta-feira (18/12). Até a presente data ela não voltou para casa.

Nossa prioridade é o bem-estar e segurança dos filhos, João Augusto de 18 anos, Marina e Sofia, de 15 anos. Neste momento de extrema dor isso é absurdo.
Qualquer informação sobre a herança dos filhos, deveria ser discutida somente com eles. Trata-se de um assunto familiar e existe sigilo judicial visando a proteção dos menores. Não temos nada mais a declarar”.

O apresentador sofreu acidente doméstico em 20 de novembro, na casa de Orlando. A morte foi confirmada dois dias depois. Ele caiu de cerca de quatro metros em sua casa quando fazia um reparo no ar-condicionado. Seu velório comoveu o Brasil desde as primeiras horas do dia 28 de novembro, na Assembleia de São Paulo, a Alesp. No dia seguinte, um cortejo em carro aberto levou o corpo até o Cemitério Gethsêmani, onde ele foi enterrado sob aplausos.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?